Páginas

sábado, 7 de setembro de 2013

Chapada dos Guimarães - Visão Geral, Hospedagem, Parque Nacional e Atrativos



Chapada dos Guimarães
Cachoeiras e Vistas


Leia também:
Chapadas do Brasil: Guimarães, Veadeiros ou Diamantina? - Uma comparação

Update:

Este post recebeu críticas de alguns leitores.
Inclusive, há alguns comentários com mais informações de alguns atrativos importantes que não citamos.
(Veja ao fim do post)


1.Introdução
Este artigo (formado por 5 partes) é dedicado à Chapada dos Guimarães. Nesta primeira parte falaremos da estrutura da cidade, do Parque Nacional  (que fica próximo) e dos atrativos mais conhecidos na região (sem detalhes). Haverá um mapa com todos os atrativos marcados também.


Já nas partes 2,3,4 e 5 falaremos em detalhes de alguns passeios que conhecemos por lá.


Este post tem as seguintes seções:


1.Introdução
2.Chapada dos Guimarães e Parque Nacional
3.Parque Nacional de Chapada dos Guimarães
3.1.Estrutura
4.Chapada dos Guimarães
4.1.Como Chegar
4.1.1.Diagrama
4.1.2.Logística
4.2.Estrutura
4.2.1.Placar da Estrutura
4.3.Onde Ficar
5.Atrações
5.1.Tabela com todos os atrativos da Chapada dos Guimarães
5.2.Mapa com os atrativos de Chapada dos Guimarães
5.3.Descrição de alguns passeios
5.4.Placar das Atrações
5.4.1.Cachoeiras
6.Glossário - Desambiguação
7.Downloads
7.1.Mapa com todos os atrativos de Chapada dos Guimarães
8.Links e Referências



2.Chapada dos Guimarães e Parque Nacional
A Chapada dos Guimarães está próxima ao parque, mas não contém a área do Parque, apesar do tamanho do município.


Alguns atrativos famosos estão dentro do Parque Nacional, mas nem todos. Na verdade, os mais legais estão fora do parque, além do que, atualmente, só é possível entrar no parque com Guias (não é permitido entrar sem guias).


3.Parque Nacional de Chapada dos Guimarães
3.1.Estrutura
O Parque Nacional tem uma estrutura fraca, atualmente. Pouca sinalização, não há guias próprios do parque e não é permitida entrada livre - com exceção da visita a Cachoeira Véu da Noiva (cartão postal da cidade) , mas apenas a vista por cima (não se pode chegar a base dela). Para todos os outros atrativos do parque é necessário contratar um guia para entrar. Não se pode entrar sem guia, ou seja, a entrada não é gratuita (exceção Cachoeira Véu da Noiva).



4.Chapada dos Guimarães
Chapada dos Guimarães, a contrário do que muitos pensam, não é uma região, mas um município. Já foi o maior município do mundo (em território) e está muito próximo a capital do Estado de Mato Grosso - Cuiabá. Há apenas 50km.


Tem alguns bons atrativos naturais (não são incontáveis) mas são vários e tem um Parque Nacional pertinho da cidade. Possui algumas pousadas e 1 albergue (na época em que fomos havia apenas 1 albergue disponível).


É uma cidade pequena, arrumada, onde é possível andar sempre a pé.


4.1.Como Chegar
Como a cidade fica muito próxima a capital do estado, Cuiabá, saem ônibus urbanos praticamente de hora em hora (não é de hora em hora certinho, mas quase de hora em hora).
A saída é da rodoviária da cidade de Cuiabá com ponto final em Chapada dos Guimarães.


Em Chapada, a rodoviária fica no centrinho da cidade, onde a maioria das acomodações estão. No entanto, eu fiquei no albergue (parece ser o unico da cidade) e ele não fica no centrinho. Se esse for o caso (for ficar no albergue sugerido [abaixo]), você pode ir para o ponto “Amarelinho” como é conhecido, que é o ultimo ponto mesmo (sim, o ultimo ponto não é a rodoviária, mas esse amarelhinho, apesar de ,logicamente, depois o onibus voltar para a rodoviária - ele só passa nesse ponto amarelinho porque é um ponto conhecido mesmo, onde muitos nativos descem e tornou-se um ponto popular, fora do centro).


4.1.1.Diagrama:




4.1.2.Logísticas:
Combinação
Origem
Distância (km)
Preço (R$)
Tempo (duração)
L 1
Cuiabá (Rodoviária)
55km
R$11,55
1h30min
*A logística para se chegar a Chapada dos Guimarães de desde Cuiabá é muito simples, nem é necessário tomar decisões. Pegue o ônibus e vá.



4.2.Estrutura
Cidade com boa estrutura, mas não muito grande.


Alimentação: Possui alguns restaurantes (não são muuuitas opções) com preço médio (não vimos excelentes preços para excelentes pratos não).


Hospedagem: Possui apenas 1 albergue (estranhamos isso, por ser uma cidade com potencial turístico há muito consolidado), sinal de celular normal. Conta com 1 hospital (não chegamos a ir).


Mobilidade: é uma cidade pequena, não necessita de ônibus nem táxis. O  único ônibus é o que leva de volta a Cuiabá (e é esse que passa em frent ao parque também). De qualquer forma, há moto-taxis, se for do desejo de chegar a alguns atrativos de moto (não deve ser muito caro, mas não verificamos preços).


Locação (veículo e  bike): não possui locações de carros (deve-se alugar em Cuiabá) e possui apenas um estabelecimento para locação de bike, que fica no centro, a preço de R$30,00 (preço em maio de 2013). O albergue da cidade também aluga bikes, que fica muito mais em conta. Mas só é possivel alugar bikes se você estiver hospedado por lá.


A cidade é muito tranquila de se andar de noite, agradável e possui um SAT (serviço de atendimento ao turista) apesar de não nos terem dado informações muito relevantes.


Segue tabela com resumo das informações e notas:


4.3.Placar da Estrutura:
Quesito
Quantidade
Qualidade
Preço
Restaurantes
Média
Média
Mèdio
Pousadas
NA
NA
NA
Albergues
1
Muito Boa
R$40,00 a R$60,00
Sinal de Celular
Todas
Boa
-
Hospital
1
NA
-
Condução Pública
1
Boa
R$8,95
Táxi
Não tem
Não tem
Não tem
Moto-Taxi
Vários
NA
NA
Locação de Bike (estabelecimentos)
2
Média
de R$10,00 a R$30,00 /dia
Locação de Carro
Não tem
Não tem
Não tem
SAT - Serviço de Atendimento ao Turista
1
Razoável
-
Segurança
-
Muito Boa
-
Atrativos próximos a cidade (dispensam logística)
3
Boa
-
*NA = Não avaliado



4.3.Onde ficar
Não sabemos dar dicas de muitos lugares pra se ficar, ficamos apenas em 1 albergue, o Hostel Pequi Mangaba.


Ele não tem um site oficial (pelo menos não ainda) mas dá pra obter informações através deste site:


O albergue está novo e com ótimo atendimento. Acomodação é boa e o café da manhã também é bom com um preço bom. Fora de temporada paguei R$40,00 com café da manhã com toalha, num quarto privativo (mas sim, em temporada fica mais caro pois fica mais cheio - quando fui estava vazio).


Outra vantagem de ficar hospedado no Pequi Mangaba é que oferece-se aluguel de bike por um preço muito baixo (R$10,00 / dia). A única outra opção


5.Atrações
Você vai encontrar na chapada algumas cachoeiras e alguns bons mirantes ao redor da chapada. DIferentemente da CHapada Diamantina, esta chapada possui muito menos atrativos, isso porque a Chapada em si é um município apenas. O que não quer dizer que não haja atrativos em outras cidades próximas (há sim! e muito belos  - como por exemplo a cidade de “Nobres”  ou o próprio Pantanal.).


Mas não se compara Chapada Diamantina e Chapada dos Guimarães no mesmo nível pois a Diamantina é uma imensa área com muitas  no entorno do parque nequanto a dos Guimarães é um pequeno municipio com um Parque no entorno.


Na tabela abaixo mapeamos as principais atrações mais conhecidas.


A seguir você vai ver 3 níveis de descrição dos atrativos da Chapada e arredores:
1.Tabela com todos os atrativos mais conhecidos da região.
2.Mapa com todos os atrativos da tabela (1)
3.Breve descrição dos atrativos que conhecemos ou tivemos mais notícias.



5.1.Tabela com todos os atrativos da Chapada dos Guimarães
Incluímos a coluna “tipo” pois para alguns atrativos o nome não deixa claro do que se trata.
A distância é confiável, com exceção dos últimos 4 atrativos que temos apenas uma ideia (nao checamos de fato). Outros atrativos as distâncias foram checadas “presencialmente”.


Apenas alguns atrativos estão dentro do Parque Nacional. A maioria está fora. Importante notar que para todos os atrativos do Parque (exceto a Cachoeira Véu da Noiva) é necessário contratar um guia. Há alguns atrativos fora do parque que também é obrigatório (por exemplo: A Caverna da Gruta Azul, que é protegida).


Atrativo
Tipo
Dentro do Parque
Distância do centro de Chapada dos Guimarães (km)
Preço
Cachoeira Véu da Noiva
Cachoeira
Sim
10,8
Grátis
Circuito das 7 Cachoeiras*
2 Cachoeiras e 5 quedas
Sim
10,5
Contratar Guia ou agência
Cachoeirinha
Cachoeira
Não
11,5
R$10,00
Cachoeira dos Namorados
Cachoeira
Não
1,5
R$10,00
Cachoeira do Nhonhô
Cachoeira
Não
3,1
Grátis
Cachoeira do Marimbondo
Cachoeira
Não
6,22
R$7,00
Cachoeira Geladeira
Cachoeira
Não
6,80
R$6,00
MIrante do Hotel
Mirante / Paisagem
Não
3,34
R$5,00
Centro Geodésico
Mirante / Paisagem
Não
8,00
Grátis
Mirante Morro dos Ventos
Mirante / Paisagem
Não
2,78
?
Casa de Pedra
Pedras / Paisagem
Sim
10,5
Contratar guia ou agência
Portal do Inferno
Mirante / Paisagem
Não
15
Grátis
Morro São Gerônimo
Mirante / Paisagem
Sim
10,5
Contratar guia ou agência
Mirante Alto do Cèu / Trilha da Matinha / Ninho das Águias
Mirante / Paisagem
Não
11,02
?
Cidade de Pedra
Mirante / Paisagem
Não
~27,00
?
Cachoeira do Pingador
Cachoeira
Não
~51,00
?
Cachoeira da Martinha / Rio Casca / Cachoeira Casca
Cachoeira e quedas
Não
~40,00
Grátis
Caverna Aroê Jari / Gruta Lagoa Azul
Gruta
Não
?
Contratar guia ou agência
Cachoeira do Relógio
Cachoeira
Não
?
?
*A distância informada é entre o Centro da cidade até o início da trilha (se for o caso) para o atrativo. Detalhes de cada trilha serão mostradas em outros posts deste artigo. Cachoeiras que fazem parte desse circuito: Independencia, Andorinhas, Piscina, Prainha, Degraus, Pulo, Hidromassagem (ou Sonrisal))
*O Parque considera 7 quedas do rio que está dentro do parque como 7 cachoeiras. Essas 7 cachoeiras são especificadas mais abaixo.
*A Trilha da Matinha leva ao Mirante Alto do Céu e também ao Mirante Ninho das Águias - ficam muito próximos uns aos outros.



5.2.Mapa com os atrativos da Chapada dos Guimarães




View Br.Mt.Chapada dos Guimarães in a larger map


5.3.Descrições de alguns passeios
Nesta seção nós só descrevemos e falamos sobre aqueles passeios e atrativos que temos informações primárias, confiáveis (nós mesmos obtivemos no local). Por isso não há informação de todos (alguns ainda nós só tinhamos informações da internet). A junção de um ou mais atrativos em um mesmo passeio é meramente convencional (você não precisa juntá-los, se não quiser, mas é muito recomendado) Tal junção é recomendada pois, quando o fizermos na descrição, é porque os atrativos estão muito próximos em si, e seria até estranho você passar por um mas não passar por outro.



Cachoeira Véu da Noiva

Nível: Fácil
Trilha: 1,4km (ida + volta)
Dá pra fazer sem guia?: Sim
Trilha sinalizada: Sim
Cartão postal da Chapada dos Guimarães. Se encontra dentro do Parque Nacional  e é o único atrativo do parque que é  livre(grátis em que não é necessário guia). Mas também não dá pra conhecer a sua base, apenas um mirante na parte de cima, o que pode decepcionar um pouco. Mais detalhes deste passeio será feito na parte 4 deste artigo (ver link no início deste post)
É recomendado casar este passei ocom o Circuito das Águas OU com a Cachoeirinha/Namorados. É porque a visita a esta cachoeira é um passeio muito rápido. E como é só de contemplação, você não vai gastar muito tempo aqui.


From Chapada dos Guimarães





Circuito das 7 Cachoeiras

Nível: Médio
Trilha:
Dá pra fazer sem guia?: Não.
Trilha sinalizada: Sim
Trata-se de um passeio muito famoso, mas infelizmente é obrigatório fazer com guia. A trilha é muito bem demarcada e sinalizada. Não sabemos dizer porque eles obrigam que se faça com guia. Por isso o preço pode variar (Dica: na porta do parque para Véu da Noiva há uma lista extensa de guias e telefones pra se ligar diretamente para eles).


Há muita confusão a respeito do nome das cachoeiras que fazem parte deste circuito. Até mesmo nativos se confundem ao listar essas 7 cachoeiras. Importante notar que a Cachoeira Véu da Noiva não fica neste circuito, apesar de que até fica relativamente próxima as outras 7 cachoeiras.


É importante observar também que há uma jogada de marketing neste passeio, porque das 7 “cachoeiras” apenas 2 delas podem ser consideradas como tal, pois as outras 5 são apenas pequenas quedas anteriores as 2 maiores quedas.


As quedas que merecem visita de fato (cachoeiras) são as duas últimas do rio: A Cachoeira Andorinhas (visitável) e a Cachoeira Independencia (mas esta cachoeira, assim como a Cachoeira Véu da Noiva, não pode ser visitada por baixo). Logo, deste passeio inteiro, a cachoeira que mais vale a pena é a Cachoeira Andorinhas. Não é que as outras 5 não valem a pena, mas é porque são quedinhas intermediárias pequenas, apesar de que algumas delas tem algum poço para nadar. Ou seja: são legaizinhas, mas não tem nada demais (só a Andorinhas que tem algo demais).


Atenção para o nome das cachoeiras que estão incluídas neste circuito: em ordem de “queda do rio”, começando pela mais alta:  Cachoeira 7 de Setembro,  Cachoeira da Hidromassagem (ou Sonrisal), Cachoeira do Pulo, Cachoeira do Degrau, Prainha, Cachoeira das Andorinhas (ou  dos Malucos) e Cachoeira Independência.


Este passeio pode ser chamado de vários nomes, cuidado para não confundir: Circuito das águas, Circuito das 7 Cachoeiras, Circuito das Cachoeiras ou Caminho das Águas.


Mais detalhes deste passeio será feito na parte 4 deste artigo (ver link no início deste post)


From Chapada dos Guimarães





Cachoeirinha e Cachoeira dos Namorados

Nível: Fácil
Trilha:  800m (ida e volta - soma das duas)
Dá pra fazer sem guia?: Sim
Trilha sinalizada: Sim
Essas duas cachoeiras ficam quase dentro do parque ,mas trata-se de uma área particular. É possível visita-las sem guia, apesar de ter que se pagar uma taxa. Vale a pena o passeio, não são grandes cachoeiras (são pequenas/médias) mas tem poço legal e tem bar no local.
Dá pra combinar este passeio com a Cachoeira Véu da Noiva também.


From Chapada dos Guimarães


From Chapada dos Guimarães



Cachoeira do Nhonhô
  

Nível: Fácil /Médio
Trilha:  1,3km (ida + volta)
Dá pra fazer sem guia?: Sim
Trilha sinalizada: Não
Pequena cachoeira próximo a cidade. Trata-se de um passeio “lado-b”, cachoeira que só os nativos conhecem, pouquíssimo visitada. Não é uma cachoeira lindíssima, mas um passeio legalzinho se vc tiver pouco tempo disponível (dá pra fazer com poucas horas, saindo centro da cidade) e gostar de conhecer uma cachoeira escondida.


From Chapada dos Guimarães





Cachoeira da Geladeira e do Marimbondo
  
Nível: Fácil
Trilha:  800m (ida + volta)
Dá pra fazer sem guia?: Sim
Trilha sinalizada: Não
São duas cachoeiras próximas a cidade. São as cachoeiras mais próximas a cidade e mais famosinhas, fáceis de chegar. Quase não há trilha. Paga-se pra entrar (propriedade particular). A estrutura não é tão boa, é apenas bem simples. As cachoeiras são de porte pequeno/médio. Não são lindíssimas, mas  são legaizinhas. É um bom passeio pra se fazer de bike.


From Chapada dos Guimarães



From Chapada dos Guimarães




Mirante do Hotel

Nível: Fácil
Trilha:  2,6km (ida + volta)
Dá pra fazer sem guia?: Sim
Trilha sinalizada: Sim
Trata-se de um dos mirantes disponiveis pra se visitar. Este mirante está dentro da área particular de uma pousada. Paga-se uma taxa para visitar. A trilha é fácil e a visão é bem legal.


From Chapada dos Guimarães


Centro Geodésico
Nível: Fácil
Trilha:  ?
Dá pra fazer sem guia?: ?
Trilha sinalizada: ?
Nós não fizemos este passeio por falta de tempo, mas é sem dúvida nenhuma um passeio obrigatório. É o mirante mais famoso da cidade (nós não fizemos por falta de tempo / erro de logística). Fica perto da cidade. Sò não sabemos dizer se está sinalizado direitinho e se tem que pagar. Mas como é muito conhecido deve estar bem sinalizado sim.


Cachoeira da Martinha
Nível: Fácil
Trilha:  ?
Dá pra fazer sem guia?: ?
Trilha sinalizada: ?
Nós não fizemos este passeio tampouco. Mas é porque ele foi muito citado pelos nativos como uma das cachoeiras a se conhecer. Fica relativamente longe da cidade e, pra falar a verdade, pelas fotos que vimos não deu muita vontade de conhecer (parece apenas um passeio médio - não tem cachoeiras grandes).


5.4.Placar das Atrações
5.4.1.Cachoeiras:
Quesito
Véu da Noiva
Namorados
Cachoeirinha
Andorinhas
Geladeira
Marimbondo
Independência
Altura
~80m
~3m
~12m
~20m
~9m
~9m
~40m
É possível chegar ao topo da queda?
Não
Sim
?
Sim
Sim
Sim
Sim
Queda livre ou Corredeira?
Livre
Livre
Livre
Livre
Livre
Livre
Livre
Ficabilidade debaixo da Queda
?
Boa
Muito boa
Muito boa
Média
Média
?
Ficabilidade no Local
?
Muito boa
Muito boa
Muito boa
Média
Média
?
Comprimento x Largura do Poço
?
2m x 5m
8m x 12m
4m x 8m
10m x 4m
6m x 8m
?
Profundidade do Poço (média)
?
1,5m
1,5m
1m
Fundo
1,5m
?
Nadabilidade
?
Boa
Boa
Boa
Média
Boa
?
Pulabilidade
?
Ruim
Ruim
Ruim
Média
Ruim
?
Solo do Poço
?
Arenoso
Pedras
Arenoso
Pedras
Arenoso
?
Preço
Grátis
R$10,00
R$10,00
Guia
R$7,00
R$6,00
Guia
*A medida das alturas das cachoeiras é aproximada.
*Dimensões do poço medido por aproximação, (Largura x Comprimento x Profundidade).
*As 5 pequenas quedas do Circuito das 7 cachoeiras, a Cachoeira do Nhonhô e nem a Cachoeira da Martinha foram incluídas neste placar (por serem quedas pequenas) - essas cachoeiras serão citadas em detalhe nos próximos posts deste artigo.
*Como não é permitido nadar no poço de Véu da Noiva e de Independência, muitas variáveis dessas cachoeiras não puderam ser avaliada.


Mirantes:
Como visitamos apenas 1 dos mirantes não teríamos como comparar muitos quesitos entre os mirantes.



6.Glossário - Desambiguação
  • Chapada dos Guimarães é o nome do municipio, e não da área.
  • Circuito das águas, Circuito das 7 Cachoeiras, Circuito das Cachoeiras ou Caminho das Águas, todos se referem ao mesmo passeio, dentro do Parque Nacional.
  • O Circuito das 7 cachoeira se refere as seguintes cachoeiras: Cachoeira 7 de Setembro,  Cachoeira da Hidromassagem (ou Sonrisal), Cachoeira do Pulo, Cachoeira do Degrau, Cachoeira das Andorinhas (ou  dos Malucos) e Cachoeira Independência, sendo que:
    • Hidromassagem e Sonrisal são a mesma cachoeira.
    • As cachoeiras: 7 de Setembro, Hidromassagem, Pulo, Degrau, Prainha são pequenas quedas (todas com menos de 3 metros)
    • A Andorinhas e a Independencia são as unicas maiores.
    • A independencia não tem visita na base permitida.
    • A Cachoeira Véu da Noiva não faz parte deste circuito, apesar de estar perto.


7.Downloads
7.1.Mapa com todos os atrativos mais conhecidos da Chapada dos Guimarães


8.Links e Referências
Hostel em Chapada dos Guimarães:


Site com lista de atrativos (ajudou com alguns dados)

10 comentários:

Anônimo disse...

Esta muito equivocado quando diz que a Chapada dos Guimarães é apenas um município e não uma região, alguém faltou nas aulas de geografia. O município recebe esse nome justamente pela localidade (em cima dos paredões desse enorme planalto) A Chapada dos Guimarães é muito mais que apenas o município ( Que aliás, já foi o maior município do mundo, e teve que ser dividido) com o mesmo nome, ela se estende por boa parte do estado do Mato Grosso, é a borda do Planalto central, com todo respeito, mas vcs não conheceram nem 5% das belezas do Planalto dos Guimarães. Até mesmo o município tem muito mais do que vcs visitaram, não foram na Cachoeira da Martinha, Cachoeira da Bailarina (mais de 100 mts), cachoeiras da usina do Rio da Casca (50mts), as cachoeiras da Pedra Grande, as 27 cachoeiras da fazenda xarayés...sem contar os mirantes da Cidade de Pedra, Ponta do Campestre, Alto do Céu etc. A Chapada dos Guimarães se estende quase até o Mato Grosso do Sul, e suas belezas estão escondidas nas propriedades particulares e não são exploradas para o turismo, o agronegócio no MT é muito forte, não é à toa que o parque tem apenas 32.000 hectares.

Anônimo disse...

Um absurdo não terem visitado a cachoeira da Martinha, a cachu com o maior volume de água do município, com várias quedas, um espetáculo....¬¬

Diego Bigliani Solamito disse...

Oi Anonimo,

ainda estamos postando coisas da CHapada! E lá tem coisas muito boas. Mas de fato, não visitamos tudo não, não chegamos nem perto.

É importante ter um carro pra poder visitar os atrativos mais distantes.

Você teria fotos da Martinha e Bailarina para colocarmos no blog? Isso vai ajudar a chamar mais atenção dos visitantes, através do blog!

Um abraço

Anônimo disse...

A Bailarina recebe esse nome pq ás águas "dançam" antes e cair no poço, e devido a altura, a água se dissipa...lindo, mas como eu disse, tem que entrar escondido pois o dono da área não permite visitação, no flickr tem uma foto (não é minha):
http://www.flickr.com/photos/bolinhadegude/8127693479/

Vcs não foram na cachoeira cristal(dentro do Parque Nacional) tbm, fica no vale do Duende(é possível ver um rosto de um duende nos paredões do Vale): http://www.chapadamt.com.br/pontos%20turisticos/cachoeiradocristal/vista%20da%20cachoeira%20do%20cristal01.jpg

Cachoeira da Martinha, que possui várias quedas: http://4.bp.blogspot.com/_11Fp01j43Vc/TU7jj6XH1RI/AAAAAAAAABg/bDh8Dh7Z_VE/s1600/OgAAAAk_1SaDzmqDfspVmm-6PgukTDuObhEGLxVGo7Jc-NuFj-4eqVKuKY9jKbqZpeSt_jl7Q9Cs7rLR_z3-HZeY_scAm1T1UCzBBEdJ5wOUrx2K_ne4meLe1Yt_.jpg

http://static.panoramio.com/photos/large/39582720.jpg

http://farm3.staticflickr.com/2359/2321257991_f6dd4ff5ab_o.jpg

Isso sem contar outros municipios que englobam a Chapada dos Guimaraes:

Cachoeira do Carumbé em Acorizal: http://i1.ytimg.com/vi/figcahjkDE8/hqdefault.jpg?feature=og

Cachoeira do Tombador, em Nobres(municípo criado depois da divisao do maior município do mundo): http://1.bp.blogspot.com/-FT1ajtNO4rg/TmFQHwrQZ_I/AAAAAAAAAEg/eC4mAh1rqUE/s1600/12-+Cachoeira+do+Tombador.jpg

Cachoeira da Serra Azul, em Nobres: http://farm5.staticflickr.com/4053/4436424328_08e39d8955_z.jpg?zz=1

Cachoeira do Brejinho (Cai direto do Planalto dos Guimaraes rumo ao pantanal): https://plus.google.com/photos/116217369532815179064/albums/5781166188228544929/5781166377092147490?banner=pwa&pid=5781166377092147490&oid=116217369532815179064

Essas são apenas algumas cachoeiras da região. Não se Limitem apenas ao município de Chapada dos Guimaraes.

Anônimo disse...

Outras cachoeiras interessantes são a da Usina do rio da Casca no município de Chapada dos Guimarães: http://www.panoramio.com/photo/90593092

http://www.panoramio.com/photo/1592159

Essas cachoeiras ficam no mesmo rio da cachoeira da Martinha.

Enfim, no município de Chapada dos Guimarães tem que conhecer muito para saber os picos...não é uma cidade que explora bem suas belezas naturais. Existem várias "véu de noivas" perdidas em áreas de reservas, nas inúmeras fazendas.

PerpetualGuitar disse...

Blog maneiro, mas cometeu algumas injustiças com Chapada dos Guimarães.
Sim, a Chapada dos Guimarães é o nome da região, E do município. Além do PARNA Chapada dos Guimarães, existe tbm a APA Chapada dos Guimarães, com mais de 250.000 hectares, englobando vários municípios.

Como pode dizer que não tem tantas atrações? São 487 cachoeiras 46 sítios arqueológicos e uma infinidade de mirantes, além da maior caverna de arenito do Brasil.

Eu mesmo, moro há 23 anos na região e estou longe de conhecer todas atrações. Só a estrada Cuiabá-Chapada já passa por várias atrações (Rio Mutuca, Rio Claro, Rio Coxipó, Rio Paciência, Portão do Inferno, Cachoeira Cristal, Sítio Arqueológico, Vale dos Dinossauros etc), além de ser uma das estradas mais bonitas do Brasil (berando os 150 km de paredões contínuos).

Diego Bigliani Solamito disse...

Esse foi nosso primeiro post de Chapada dos Guimarães e recebemos alguns comentários das pessoas indignadas em dizermos que não havia tanta oisa assim.

Acho que em parte épo ruqe esperávamos por demais do lugar, e aí nos frustramos (mas quem mandou esperar demais também ne???)

Estávamos sem carro tb, o que dificultou um pouco conhecer mais coisas nos arredores.

De qualquer forma, adicionamos um adendo ao início do post, comentando sobre os comentários de todos vocês. Alguns com informações extras.

Um abraço, e obrigado pelo feedback.

DuendeChapada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá, preciso de algumas informações. Irei em fevereiro a chapada, mas estou semerna carro..como eu chego ao parque nacional e também a caverna aroe jari.

Obrigada

Su disse...

Olá. Sempre leio seu blog em busca de dicas para lugares onde vou. Eu entendo totalmente seus comentários. Não é que a Chapada dos Guimarães não tenha atrativos, mas, para quem conhece outros lugares lindos do Brasil, realmente não tem nada que chame tanto a atenção assim (pelo menos entre o que pode ser visitado legalmente).
Também entendo que quem mora na região fique chateado, entretanto é bom que as pessoas saibam da realidade, para justamente não chegarem esperando algo irreal.
Conheço as Chapadas Diamantina e dos Veadeiros. Gostaria de ir à Chapada das Mesas, mas os guias lá metem a mão SÉRIO. Acabei optanto por um roteiro Chapada dos Guimarães com Nobres para este ano de crise. Tenho conciência de que não encontrarei lá nenhuma cachoeira do Buracão ou Santa Bárbara. Fora que também me revolta exigirem guias para tudo assim. Vou para conhecer, mas temos que saber o que veremos.
Parabéns, pelos comentários lúcidos. Seu objetivo realmente é dividir conhecimento, um blog confiável!

Os Caçadores de Cachoeiras

Os Caçadores de Cachoeiras