Páginas

quinta-feira, 21 de março de 2013

Cascatona do Caraça - Santuário do Caraça


Cascatona do Caraça
Caraça
Nível Fácil / Médio



Leia também:


Introdução
Este post trata especialmente da Logística e Trilha para a Cachoeira Cascatona, que fica dentro do Parque do Caraça. Citamos também todas as outras trações dentro do Santuário do Caraça, dando ideias de roteiros dentro do Parque.


Este post tem as seguintes seções:


1.Placar do Passeio 2.Atrações 3.Como Chegar 3.1.Logística 3.1.1.Breve Descrição 3.1.2.Diagrama-Resumo 3.1.3.Tabela DTPM de Trechos (Distância-Tempo-Preço-Meio) 3.1.4.Descrições dos Trechos e Situação das Estradas 3.2.Trilha 3.2.1.Ficha Técnica da Trilha 3.2.2.Detalhes da Trilha (em partes) 3.2.3.Tabela DTE (distância-tempo-elevação) - por partes 3.2.4.Gráfico de Elevações 3.2.5.Pontos de Referência 3.3.Mapa 3.3.1.Download de Mapas 3.4.Simulação TP do Passeio (Tempo-Preço) 4.Santuário do Caraça - O Parque 4.1.Breve Descrição 4.2.Ond Ficar 4.3.Alimentação 5.Placar das Atrações 5.1.Considerações Sobre as Cachoeiras 5.2.Atrativos + 5.3.Roteiros 6.FAQ 7.Dicas 8.Relato, Fotos e Vídeos 9.Fontes e Referências 


1.Placar do Passeio
Duração
1 dia
Gastos (por pessoa)
R$7,00 + almoço
Trilhas
Nível médio
Atrativos
Cachoeira Cascatona



2.Atrações  (conhecemos)
Cachoeira Cascatona
  Ela é chamada assim pois é uma cachoeira com uma vazão maior (e pode ficar bem violenta após chuvas). Já a Cascatinha, apesar de ser relativamente com o mesmo tamanho tem uma vazão menor.  
Descrição atração + diferencial + razão do nome


Santuário do Caraça
  Igreja + B iblioteca. Obrigatório e não tem como não passar por aqui.


Cascatinha
 A Cachoeira mais famosa do Santuário, pois é mais fácil de chegar e é a mais agradável também (pelo menos entre a Cascatona e a Cascatinha - que são as duas que conhecemos).


Lobo Guará
 No Santuário do Caraça, todos os dias, a noite, um Lobo Guará aparece, pacificamente para se alimentar. Alimentado disponibilizado por locais. AS pessoas se juntam no pátio da Igreja para tirar fotos. É um espetáculo muito legal. Não demora muito, diferente e bonito.




Outras Atrações (ainda não conhecemos)
 Todos os dados obtidos sobre estas outras atrações foram obtidos do site oficial do Santuário do Caraça. Como ainda não conhecemos estes atrativos, não podemos opinar muito sobre eles. Apenas incluimos seus dados aqui para consolidar os outros atrativos do local e poder sugerir roteiros.


Banho do Imperador
Pequena parte do Leito do Rio onde é possível nadar / se molhar um pouco.


Banho do Belchior
Pequena parte do Leito do Rio, um pouco mais “movimentado” com uma pequena quedinha. Também oferece uma trilhazinha que parece legal.


Tanque Grande
É um poço próximo ao Santuário.


Tanque São Luis
Poço menor do que o Tanque Grande, também próximo ao Santuário. É proibido nadar neste poço.


Tabõoes
Pequena porção do leito do rio, possível de se nadar, com uma pequena prainha ao lado. Parte do trajeto é de carro.


Cruzeiro
Achamos que é um mirante. (???)


Bocaina
Aparentemente é um complexo, um local que reúne algumas quedas, em boa altura (fica alto) e também há uma gruta por perto (a gruta só é possível com autorização). Trilha parece ser um pouquinho mais difícil do que a trilha para a Cascatona.


Piscina
Pequeno lago/ poço, fácil acesso , dá pra ir de carro (sem trilhas). Parece um laguinho artificial. Provavelmente recomendado para quem tem menos jeito com trilhas (crianças, pessoas mais idosas ou pessoas que não querem enfrentar trilhas).


Prainha
Pequena porção do leito do rio, parte mais tranquila, com um banco de areia parecendo uma praia. Fica no caminho para Cascatinha.


Picos - Carapuça, Sol, Inficcionado, Verruginha, Cangerana, Três Irmãos, Conceição, Campo de Fora e Gruta da Bocaina.
Estas atrações, só com autorização. É sério! Já fomos barrados tentando fazer um destes, sem autorização. São atrações com dificuldade maior (mais demorados).


3.Como Chegar
3.1.Logística
3.1.1.Breve Descrição
Para se chegar ao Caraça o mais conveniente é ir de carro mesmo. Não existe uma logística pública simples.



3.1.2.Diagrama:





3.1.3.Tabela DTPM de Trechos

Origem
Destino
Distância (km)
Preço
Tempo
Meio
A
Belo Horizonte
Portaria do Caraça
91
?
1h30min
Carro
B
Portaria do Caraça
Santuário do Caraça
14
?
20min
Carro
*A Tabela DTPM de trechos mostra as distâncias, tempos gastos, preços e meios de transportes de cada trecho da logística.


3.1.4.Descrição dos Trechos
A - Belo Horizonte -> Portaria do Caraça
Estrada asfaltada em boas condições, passando por Barão de Cocais até a Portaria do Caraça. O portão do parque abre as 8h. Só conhecemos esta logística de carro. A condução pública leva apenas até Barão de Cocais (ônibus ou trem), mas não leva até o Caraça não.


Portaria do Caraça - Santuário do Caraça
Da portaria até onde deixa-se o carro ainda há 14km de estrada asfaltada em medianas condições. Essa última vez que fomos lá, a estrada estava com alguns buracos.  Não há condução pública que realize estre trecho.


3.2.Trilha
Há varias trilhas dentro do Parque do Caraça. Neste artigo damos os detalhes da trilha para a Cascatona. Não vamos detalhar outros destinos que há lá dentro. Na próxima seção, no entanto, disponibilizamos uma tabela com todas as atrações dentro do Caraça e algumas distâncias e um breve “como fazer”.


3.2.1.Ficha Técnica da trilha:
Quesito
Trilha Cascatona
Atração Principal:  
Cascatona
Dificuldade:  
Média
Estado de Conservação da trilha
Bom
Sinalização da Trilha
Médio (Existe uma bifurcação não sinalizada)
Preço
R$7,00 (entrada no parque)
Duração (da trilha, ida+ descanso + volta)
3h a 4h
Distância Total (da trilha, ida + volta)
4,5 + 4,5 = 9,0km
Distância off-road (sem trilha)
0km
Duração do passeio (logística + trilha)
8h (1 dia)
Elevação - ganhos e perdas  (só na ida, na trilha)
+100m ; -300m
% de sombra na trilha
80%
Obstáculos
Pequena escalaminhada no final
Precisa de Guia ou GPS?
Desejável, não obrigatório.
Passagem por rio
Não.
Pontos de Água
Não.
*O destino não é contabilizado como ponto de água.
*O preço se refere apenas a parte da trilha (parque, propriedade particular, etc. Não inclui preço da logística).
*A elevação indica quantos metros de desnível tanto para cima quanto para baixo. (ex: +100m ; -50m significa que durante a trilha sobe-se 100m e desce-se 50m.)



3.2.2.Detalhes
Parte 1 - Leve subida
Distância: 1,9km
Pontos Intermediários: Bifurcação do Cruzeiro
A trilha toda tem poucos marcos importantes. É uma trilha tranquila e sem muitos obstáculos.
Nos 2km iniciais a trilha tem uma leve inclinação (sobe). A trilha tem bastante sombra e é agradável.


Nesta primeira parte da trilha passa-se pela Bifurcação do Cruzeiro (ponto marcado no mapa). Não há placa, mas há uma marcação na pedra indicando a direção do Cruzeiro (que não deve ser seguida).
Siga reto.


Parte 2 - Descida
Distância: 2,43km
Pontos Intermediários: Placa Confusa e Pedra
A trilha continua mais ou menos com a mesma aparência da primeira partes, só que agora em descida. Toda essa parte é descida, apesar de não ter nenhuma descida muito inclinada (é bem leve).


O ponto de atençao é no ponto Placa Confusa (quando passamos a placa estava caída e não dava pra saber o lado correto. Siga reto nessa bifurcação até chegar  ao ponto Pedra. Depois disso não há mais erros, siga reto.


Parte 3 - Escalaminhada em descida
Distância: 150m
Este é o finalzinho da trilha mesmo. É basicamente a chegada até a queda. Demanda uma pequena escalaminhada (nao dificil), só ter atenção. São apenas 150m de trilha até a base da cachoeira.


3.2.3.Tabela DTE: (distância-tempo-elevação) - por parte


Parte
Distância (km)
Tempo
Ponto Inicial
Ponto Final
Elevação(m)  - perda (só na ida)
Elevação - ganho (só na ida)
1
1,9
25min
Estacionamento
Fim Subida
38
92
2
2,43
35min
Fim Subida
Escalaminhada
209
8
3
0,15
10min
Escalaminhada
Cascatona
45
0
*A tabela DTE mostra as distâncias, tempos e elevações (perdas e ganhos) durante cada parte da trilha.
*As partes são definidas por convenção. Não existe divisão real entre elas.
*Os pontos inicial e final estão marcados no mapa disponibilizado neste post.


3.2.4.Gráfico de Elevação:




3.2.5.Pontos de Referência:
Ponto
Distância percorrida (km)
Estacionamento
0
Porta da Igreja
0,28
Bifurcação Cruzeiro
0,7
Fim Subida
1,8
Placa Confusa
3,41
Pedra
3,46
Escalaminhada
4,32
Cascatona
4,47
*A tabela pontos de refêrencia mostra os pontos que nós marcamos e achamos que são bons marcos para você se referenciar durante a trilha.
*A distância em km é cumulativa, isto é, a quilometragem atribuída a um ponto mostra quantos km você andou, até então, na trilha, ao chegar em tal ponto.


3.3.Mapas


View Br.Mg.Caraça.Trilha Cascatona.kml in a larger map




3.3.1.Download - abaixo você baixa o mapa inclusive com o trecho BH - Santuário do Caraça:
3.4.Simulação TP do Passeio
Aqui fazemos a simulação do passeio supondo apenas conhecer a Cachoeira Cascatona.
Mas é possível fazer outras combinações de passeios dentro do Caraça. Recomendamos um fim de semana inteiro pra conhecer todos os atrativos (os mais fáceis - excluídos os picos).


Horário
Evento
08:00 - 10:00
Viagem BH até o Caraça - chegada
10:00 - 11:00
Chegada, passeio na igreja, lanche.
11:00 - 12:20
Trilha até Cachoeira Cascatona
12:20 - 14:00
Estadia em ascatona
14:00 - 15:20
Volta de Cascatona até Santuário
15:30 - 16:00
Lanche
16:00 - 17:30
Volta de Caraça para BH
*Esta tabela é uma simulação, onde escolhemos a logística de nossa preferência e onde colocamos um tempo médio para os eventos.
*A duração dos eventos pode variar, dependendo das condições.


4.Santuário do Caraça - O Parque
4.1.Breve Descrição
O Parque Nacional do Caraça é bem organizado e com regras específicas. Não é permitido acampar lá dentro e o horário de visitação é de segunda a segunda, de 8h da manhã as 17h.
O preço da entrada é de R$7,00, atualmente.


Para maiores detalhes sobre regras de visitação, segue o link oficial do Parque:


4.2.Onde Ficar
É permitido pernoite no parque, mas apenas no próprio Santuário ou, caso ele esteja cheio, na Fazenda do Engenho, que é uma singela e nova fazenda que fica alguns quilometros antes do Santuário (muito interessante também).


Sâo locais de simples estadia, sem grandes confortos - passeio muito bom para casais.


Fora do parque também há bons hotéis para se ficar : conhecemos ao menos um em Santa Bárbara.
Não é permitido acampar no parque.


4.3.Alimentação
No quesito alimentação o parque peca um pouco. Só existe uma lanchonete e um restaurante dentro do local.


A lanchonete oferece lanches comuns (salgados, alguns sanduiches) e bebidas, mas os preços são um pouco salgados.


Já o restaurante é razoável, apesar de com horario rígido (só funciona de 12h  as 14h) -  cheque os horários ligando para lá.
O preço do restaurante é prato livre por R$15,00.


Entrada (Portaria do Santuário do Caraça)
From Cascatinha do Caraça

Cantina no Caraça
From Cascatinha do Caraça




5.Placar das Atrações
Quesito
Cascatona
Cascatinha
Bocaina
Altura (m)
10,1
6,72*
?
É possível alcançar a queda?
Sim
Sim
?
É possível chegar ao topo da queda?
Difícil
Sim
?
Queda livre ou Corredeira?
Corredeira
Livre
?
Ficabilidade debaixo da Queda
Média
Média
?
Ficabilidade no Local
Média
Muito boa
?
Comprimento x Largura do Poço
~5 x 5
~5x8
?
Profundidade do Poço (m)
0,8
1,5
?
Nadabilidade
Baixa
Boa
?
Pulabilidade
Baixa
Baixa
?
Solo do Poço
Pedras
Pedras
?
*Medida da altura
*Dimensões do poço medido por aproximação, (Largura x Comprimento x Profundidade).
*A Cascatinha é formada por pelo menos 2 quedas principais. O valor mostrado é da maior delas.


5.1.Considerações sobre as cachoeiras:
Das 3 cachoeiras do Caraça conhecemos apenas a Cascatona e a Cascatinha (a Bocaina ainda não podemos opinar). De uma forma geral achamos a Cascatinha melhor, por uma série de fatores: ela é mais fácil de chegar, tem um poço melhor pra se nadar, e uma queda mais amena.


A Cascatona é mais bruta e não oferece um bom poço e nem muitos lugares pra se ficar lá, apreciando ela (a Cascatinha, já, oferece várias pedras pra se ficar, é mais hospitaleira, vamos dizer assim).


Por outro lado, a Cascatinha, por ser mais fácil de se chegar quase sempre vai estar mais cheia.
Também há o fato de que conhecemos a Cascatona meio que em uma tromba dágua, ela estava muito violenta. É possível que em dias de sol ela fique com um pouco mais hospitaleira do que a impressão que tivemos quando estivemos lá.


5.2.Atrativos +
Nesta seção citamos APENAS aquelas atrações da Serra do Caraça que é permitido fazer sem guia.
Existem outras atrações que podem ser feitas apenas com guia ou com autorização (os picos, a Gruta da Bocaina e Campos de Fora).


Explicando as colunas desta tabela:

  • Para todos os passeios consideramos que você está no estacionamento do Caraça (que fica ao lado do Santuário).
  • Para alguns passeios é necessário fazer um trecho de carro (você pega o carro faz esse trecho, e depois faz a trilha) : por isso incluímos a coluna “distância a ser percorrida de carro).
  • Para todas as quilometragens mostradas nessa tabela consideramos a distância de Ida + volta (tanto para o trecho de carro quanto para o trecho de trilha).
  • A coluna de tempo é um estimativa do tempo que você ira gastar com a ida + volta para o atrativo. IMPORTANTE: esse tempo estimado não está incluindo o tempo que você gastaria em tal atrativo. Sugerimos adicionar entre 1h e 2h de “estadia” no atrativo, pra que você possa fazer suas contas.
  • No mapa, nós fizemos efetivamente, até o momento, apenas as trilhas da Cascatinha e Cascatona. As outras obtivemos dados pelo site oficial do Santuário do Caraça.


Quesito
Distância a percorrer de carro (km)
Distância de trilha (km)
DIficuldade
Tempo
Cascatinha
0
3,52
Fácil
1h
Cascatona
0
8.96
Fácil / Média
3h
Banho do Imperador
?
?
Fácil
30min
Tanque Grande
1,2
1,4
Fácil
30min
Tanque do Belchior
1,2
4,2
Fácil
1h30min
Tabõoes
3,5
0,4
Fácil
40min
Cruzeiro
0
0,9
Fácil
30min
Bocaina
0
?
Média
3h
Piscina
1,56
0,45
Fácil
30min
Prainha
0
0,8
Fácil
30min
*Não se pode nadar no Tanque Grande - é uma regra do local.
*Não encontramos informações a respeito do Tanque São Luis, apesar de ele ser citado no site oficial do Caraça.
*Não encontramos as distancias exatas do banho do Imperador e nem da Bocaina, apenas informações textuais a respeito de suas trilhas no site oficial do Santuário do Caraça.


5.3.Roteiros
Como neste artigo falamos de todos os destinos do Caraça (exceto os que precisam de guias), vamos dar algumas sugestões de passeios para lá.


Roteiro 1
Prainha +  Cascatinha + Santuário do Caraça + Museu + Tabõoes


Roteiro 2
Santuário do Caraça + Museu + Cascatona


Roteiro 3
Santuário do Caraça + Museu + Bocaina


Roteiro 4
Banho do Belchior + Tanque Grande + Piscina + Tabõoes


Obs: Quer fazer o seu próprio roteiro? Olhe para o mapa + tabela e junte os atrativos que quiser a sua escolha.



6.FAQ
Eu quero ver o Lobo Guará. Como faz?
Ele tradicionalmente aparece a noite, quando os locais deixam um tabuleiro com restos de comida. E não se trata de um lobo apenas. Ao que se diz, o costume “doméstico” está sendo passado de geração em geração. É um espetáculo muito legal.


O lobo aparece no pátio da igreja (Santuário). Obs: se vc se hospedar na Fazenda do Engenho (que é mais longe - tem que ir de carro) informe-se sobre o horário que ele costuma aparecer.


Mas pode ser que ele não apareça?
Pouco provável. Ele sempre vai lá!


Cascatinha ou Cascatona
Pelo conjunto da obra, sugerimos Cascatinha (apesar da Cascatona ser mais desafiadora).


É muito dificil chegar na Cachoeira Bocaina?
Ainda não conhecemos! As informações sobre ela foram obtidas pelo site oficial do Santuário do Caraça. Parece ser nível médio ( um pouquinho mais difícil do que a Cascatona).


7.Dicas

  • Se quiser ficar o fim de semana dentro do Parque pode ficar ou no Santuário ou na Fazenda do Egenho. Muita gente acha que o único lugar pra se ficar é no Santuário. mas Fazenda do Engenho também é bem legal!
  • Se desejar ficar fora do parque, tem uma pousada em Santa Bárbara (ao menos 1, sabemos que é legal)
  • Lembre-se que nao dá pra chegar antes das 8h lá. O portão só abre as 8h!
  • Nâo conhecemos muita coisa do atrativo Cruzeiro, nem mesmo no site oficial comenta-se seobre ele. Então não parece ser um atrativo muito indicado (não deve ser muito legal)
  • Não dá pra  conhecer todos os atrativos em um dia só. Em 2 dias talvez dê (é porque Bocaina e Cascatona exigem um tempo maior). Excluindo Boicana e Cascatona (e o outros atrativos em que é preciso autorização), 2 dias dá pra conhecer tudo.
  • As trilhas para os picos realmente não são bem sinalizadas e é necessário autorização. Poderá enfrentar problemas se tentar fazer por conta própria (já aconteceu conosco, indo para Pico do Sol).
  • Não se pode nadar no Tanque Grande nem no Tanque São Luis. (regras oficiais do local)
  • Não conhecemos detalhes do Tanque Sao Luis e nem sabemos onde ele fica (apesar de ele ser citado no site oficial, não há outras referências pra ele).
  • Passar uma noite no Santuário é uma ótima ideia - porque aí você verá o Lobo Guará!
  • Não é permitido acampar no parque.
  • O Parque só  abre as 8 da manhã!



8.Relato, Fotos e Vídeos


Saímos tarde de BH e ainda em BH um pneu de um dos carros furou! Vish..... passeio poderia estar debilitado , e a previsão era de chuva!


Mas fomos assim mesmo, chegamos por volta de 10h30min no Santuário do Caraça. Nos deparamos com a estrad lá dentro meio mal tratada. Estava com uns buracos.  Entramos , comemos um lanche (CARO) na lanchonete lá dentro e ficamos decidindo qual ia ser nosso roteiro.



From Cascatona do Caraça

From Cascatona do Caraça




A turma estava um pouco dividida, alguns querendo algo mais light no estilo Cachoeirinha + Piscina + Tanques, outros querendo uma cachoeira “mais difícil”. Depois de um pouco de convera, acabamos optando pela mais difícil.




Santuário do Caraça,
From Cascatona do Caraça




Marcamos em nosso GPS a distância e iniciamos a trilha.


A trilha foi sem maiores problemas, sem grandes surpresas. APenas no ponto de bifurcação, onde estava mal sinalizado tivemos alguma dúvida, mas acabamos acertando e chegamos tranquilos na Cascatona.


A Trilha começa aqui
From Cascatona do Caraça

Placa bem no comecinho da trilha
A distância está errada
From Cascatona do Caraça




Importante notar que os ultimos metros da trilha são uma leve escalaminhada. O tempo não estava muito bom. Mas não chovia.


Descemos as pedras e nos estonteamos com uma cachoeira muito brava. O rio estava MUITO CHEIO. Ao chegarmos quase lá embaixo a cachoeira já nos premiava com uma chuveirada, mesmo sem estar diretamente de frente a ela.


Placa no FINZINHO da trilha.
Nâo sabemos aonde vai dar esse oratório
From Cascatona do Caraça

Escalaminhada no finzinho da trilha (desce)
From Cascatona do Caraça




Como essa era a primeira vez na Cascatona não sabemos dizer se isso é o “anormal” dela, mas parece que sim. A queda estava muito nervosa. Isso não foi muito legal porque isso impediu que achássemos algum lugar interessante para apreciá-la. Com alguma certa dificuldade andamos  um pouco pelo mato lateral até encontrar uma pedra mais distante da queda, de forma que nao nos molhassemos.


Cascatona
From Cascatona do Caraça

From Cascatona do Caraça

From Cascatona do Caraça

From Cascatona do Caraça




A gente não resiste e, deixando as coisas não-molháveis na pedra, decidimos chgar perto da queda.
Foi um risco, porque o rio já estava um pouco violento, se piorasse (e o tempo estava bem nublado, como se vê nas fotos) a coisa podria engrossar facilmente.

Nos aventuramos um pouco na queda e nos molhamos. Não deu pra nadar efetivamente. Na parte esquerda da queda (esquerda de quem está de frente para a queda) havia um pequeno poço interessante para se nadar mas para se chegar a ele era necessário atravessar uma correnteza considerável, o que não julgamos ser seguro e não o fizemos.


ENtao não deu pra nadar - estava arricado. Mas deu pra molhar, foi legal.


FIcamos lá cerca de 1h. Não foi um lugar muito agradável de ficar. A estadia lá não foi muito convidativa. Imaginamos que quando a cachoeira está mais tranquila, deve haver mais pedras pra se ficar em volta.





From Cascatona do Caraça

From Cascatona do Caraça




Mas não tivemos essa sorte. Depois de curtida a água que nos molhava com firmeza, fizemos a escalaminhada de volta tranquilos e voltamos para o Santuário, já mais no meio da tarde.


Fizemos um lanche (caro de novo!) , porque o restaurante já tinha fechado e pagamos nossa saída do Santuário.


Vista do Santuário, desde a trilha da Cascatona (voltando)
From Cascatona do Caraça

Na ida, isso é descida (começo da trilha), na volta, subida (fim da trilha)
From Cascatona do Caraça




Não fizemos outro atrativo por falta de tempo mesmo. daria pra fazer mais algum , se tivessemos chegado mais cedo. Cascatona ficou marcada por sua violência inóspita (Eu curti :D ) . Mas devemos voltar lá, pra curtir todos os outros atrativos e visitar a Cascatona quando ela estiver mais de boa.

Plus: (Fotos da Cascatinha - feita em outro passeio)


From Cascatinha do Caraça

From Cascatinha do Caraça

From Cascatinha do Caraça

From Cascatinha do Caraça

From Cascatinha do Caraça

From Cascatinha do Caraça

From Cascatinha do Caraça




9.Fontes e Referências

2 comentários:

Victor Freitas disse...

Muito legal o blog de vocês!
Tinha uma idéia de fazer algo do gênero, mas acabei de desistir, o seus tá muito completo. hehehe

Quanto à Cascatona, tenho fotos que tirei de lá em 2008 que se vocês verem, não acreditarão. Lá, em época sem chuva, é MUITO diferente.

Parabéns pelo blog e continuem o bom trabalho. Registro do mais novo fã,
Victor Freitas.

Diego Bigliani Solamito disse...

Valeu Victor!

Pensamos em continuar até uns 2105, heheheh.

Se tiver contribuições ou dicas ou sugstões, pode enviar!

A cascaton a realmente tava bem poderosa..! temos que conhecer ela no mode normal um dia sim!

um abraço

Os Caçadores de Cachoeiras

Os Caçadores de Cachoeiras