Páginas

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Circuito W em Torres del Paine - Chile



Circuito W - TDP


Leia também:


1.Introdução
O Circuito W é uma das trilhas mais famosas do mundo, provavelmente a mais famosa da Ámerica do Sul. É um trilha que tem como atrativo principal as Torres del Paine, dentro do Parque Nacional homônimo. É um parque que oferece grande estrutura, com várias opções de passeio, para todos os gostos.

Neste artigo vamos:
  • Dar uma visão geral do Parque, seus atrativos e estrutura.
  • Apresentar um guia pra quem deseja realizar o Circuito W, um dos mais famosos dentro do Parque.

Índice
1.Checklist crucial antes de decidir fazer esta trilha
2.Punta Arenas, Puerto Natales e o Parque Nacional Torres del Paine
3.FAQ Básico - Curto e Direto
4.FAQ Longo - perguntas frequentes, com um pouquinho mais de detalhe.
4.1.A Trilha W é pra mim?Devo ir para Torres del Paine?
4.2.Mas mesmo se eu não tiver experiência posso fazer? Preciso de guias?
4.3.Qual é a melhor época para fazer?
4.4.Quanto se gasta para fazer esse passeio?
4.5.Escolho o Circuito O ou Circuito W?
4.6.Preocupações com o frio. Devo ter?
4.7.E barraca? Pode ser qualquer uma?
4.8.Dá pra fazer sem ter que dormir em barraca?
4.9.Faço a trilha em qual sentido?
4.10.Quando pego o ônibus de Puerto Natales para o Parque Torres del Paine, em que ponto devo descer para iniciar o Circuito W?
5.Atrativos e distâncias
6.Logística
7.Preços
7.1.Visão Geral
7.2.Pacotes para diferentes gostos
8.Trilha e Mapas
8.1.Kit Básico do Circuito W
8.2.Mapas
8.3.Trilhas Alternativas durante o Circuito W
8.4.Pernoites durante o Circuito W
8.5.Diagrama de decisão com todas as opções possíveis
8.6.Refúgios, Domos e Campings no Circuito W
8.7.Nascer do Sol nas Torres del Paine
8.8.Campings que você não deveria ficar ao fazer o Circuito W:
8.9.Distâncias entre Refúgios
8.10Racional da Trilha - descrição e pontos
9.Checklist Final e Completo para Torres del Paine
10.Links e Referências
11.Fotos, Áudios (narração) e Vídeos



1.Checklist crucial antes de decidir fazer esta trilha
1.Provavelmente não dá pra ir em qualquer época. (evite o inverno) Planeje.
2.Você precisará ter equipamento que normalmente não usa no Brasil, devido ao clima frio.
3.Para fazer o Circuito W são necessários pelo menos 7 a 8 dias, se saindo de São Paulo - 7 a 8 dias contando a trilha e a logística completa.
4.Dá pra fazer a trilha gastando pouco - o que encarece mesmo são as passagens aéreas até Punta Arenas. Conte as moedinhas.

Se você ticou com sucesso os 4 macro-itens acima, você está preparado para mergulhar em mais detalhes de como realizar o Circuito W em Torres del Paine.

2.Punta Arenas, Puerto Natales e o Parque Nacional Torres del Paine
Punta Arenas é a porta de entrada via áerea para conhecer Torres del Paine. Pousando aqui, o trajeto mais comum é ir para Puerto Natales, e de lá para o parque.

Puerto Natales é uma cidade que fica a 248km de Punta Arenas e é o portal para o Parque Torres del Paine.

Parque Torres del Paine
Criado em: 1959
Localização: 102km de Puerto Natales
Área: 242.242 hectares
Atrativos: Glaciar Grey, Vale do Francês, Torres del Paine
Horário de Funcionamento:  O ano inteiro
Exige guia nas trilhas: Não



3.FAQ Básico - Curto e Direto
Qual a melhor Época?
Outubro a março.
Qual saco de dormir eu preciso?
De Fibra sintética, que aguente 0 (zero) graus com conforto.
Preciso de uma barraca especial?
Que aguente ventos fortes: isto é, não leve a barraca do Gugu.
Ih, só tenho a do Gugu. E agora?
A única forma não é acampando. Pode pernoitar sempre nos refúgios. Ou então compre uma barraca melhor, né?
Circuito W ou Circuito O?
Na dúvida: Circuito W.
Como chegar lá?
Avião para Punta Arenas + ônibus para Puerto Natales + ônibus para o Parque.
Quantos dias eu reservo pra essa viagem?
Se saindo do Brasil, no mínimo 8 dias pra fazer a trilha com relativo conforto.
Quanto é o mínimo de dinheiro que eu preciso pra essa viagem de forma confortável?
R$648,00  + passagens aéreas [1]
[1] - Esse valor depende de muitas variáveis e decisões de como e quando você vai fazer a trilha. Mais detalhes desse valor na seção “Preços”. O preço sugerido não é o mais barato possível, é um meio termo entre barateza e conforto.

4.FAQ Longo - perguntas frequentes, com um pouquinho mais de detalhe
A seguir apresentamos as dúvidas mais comuns  de quem está começando a pensar em fazer o passeio. Tendo vencido essas perguntas, você passará para as seções mais técnicas onde começamos a falar mais detalhes sobre a logística e a trilha em si.

A trilha W é pra mim? Devo ir a Torres del Paine?
Torres del Paine é de fato um local muito versátil, preparado para muitos gostos. Mas sendo bastnte sincero, acreditamos que só quem gosta mesmo de trilhas vai curtir bastante lá. Se você não quiser andar muito, há sim passeios por lá. Inclusive, há hotéis caríssimos que vão te oferecer uma estadia de outro mundo em um local muito belo e tranquilo.

Mas o ouro mesmo do Parque são as Trilhas W o Circuito O.
Essas trilhas são pra você: se você está preparado para caminhar um bocado. Não é nada de outro mundo, mas sim: é preciso algum preparo para encarar esses desafio (não recomendamos para iniciantes).

Mas mesmo se eu não tiver experiência posso fazer? Preciso de guias?
Quem não tem experiência costuma se sentir mais seguro contratando uma agência para que os leve um guia. É uma opção. Mas a verdade é que em questão de dificuldade técnica, a trilha é bem tranquila, pois é bem sinalizada, bem marcada e é bastante movimentada.

O mais importante a se ter em conta é o condicionamento físico e a experiência em carregar mochilas com pesos por mais de 2 dias.

Qual é a melhor época para fazer?
Torres del Paine fica bem ao Sul do Chile, Patagônia Chilena. Isso significa invernos muito frios e com muita neve. O que significa que no inverno o passeio pode ser bem mais complicado se você decidir ir nessa época. O parque fica aberto o ano inteiro, mas ir no inverno precisa de uma dose bem maior de sorte pra que os atrativos que você quer conhecer estejam abertos, e não interditados pela neve. Além do mais, no inverno os dias são bem mais curtos: o que signifca, menos horas de sol. Quanto mais “verão” ,mais horas de sol pra aproveitar o dia.

Em geral, a recomendação é ir no verão, ou, no máximo, outono ou primavera. Inverno, apenas se tiver bastante tempo e está disposto a correr risco de não fazer as trilhas que quer, e apenas ver a neve pela janela.

A resposta mais direta é: a melhor época é entre outubro e março.

Quanto se gasta para fazer esse passeio?
Depende. Você pretende acampar todos os dias da trilha? Vai fazer em quantos dias? Vai se alimentar nos refúgios ou levar a própria comida? Só a Trilha W ? Trilha O? Ou outros passeios? Sim, tem muitas variáveis. Mas na seção “Gastos” nós não vamos te deixar na mão nem te enrolar, e vamos mostrar uma simulação definindo variáveis pro passeio TRADICIONAL da Trilha W.

É trilha W ou Circuito W?
Bem, a literatura diz que é circuito, maaaaas…. o circuito não fecha! heuaheuaheu. Então, realmente não entendemos porque chamam de circuito. É uma travessia, na verdade: você começa de um ponto A e termina em um ponto B. De certa forma o circuito se fecha se você levar em consideração a logística, mas se contar só a trilha , é Trilha W. Já o Circuito “O”, é circuito mesmo, pois começa no ponto A e termina no ponto A. Então, tecnicamente seria “Travessia W”!

Escolho o Circuito O ou Circuito W?
Os dois são excelentes pedidas e qualquer que seja a decisão, não vai se arrepender. Mas, de modo GERAL,  se você está na dúvida, escolha o Circuito W. Vai conhecer os atrativos mais famosos do parque e em um tempo moderado (3 a 5 dias). O Circuito O é pra quem está muito mais no clima e com muito mais preparo, afinal a distância a ser percorrida no O é bem maior.

Se estiver na dúvida, escolha o Circuito W.

Preocupações com o frio. Devo ter?
Deve. Mas calma, não se desespere. Você não vai precisar comprar o mundo todo pra se abrigar. Vai precisar sim de um saco de dormir que aguente temperaturas negativas (não precisa ser muito, mas um pouquinho negativas (entre -5 e 0)) e roupas de frio impermeáveis. Até aqui, esses itens são obrigatórios. Uma bota impermeável é desejável também.

E barraca? Pode ser qualquer uma?
Não. Se você tem a barraca do Gugu, esqueça, e vamos comprar outra.
A Patagônia é famosa por seus ventos MUITO fortes (não é frescura. Acredite, são muito fortes). Logo, é preciso ter uma barraca robusta. O que é uma barraca robusta? Bem… uma de marca reconhecida, e que não seja muito barata - é a nossa dica.

Fomos com uma Nepal Azteq 2. Ela enfrentou ventos bem fortes e passou no teste.

Dá pra fazer sem ter que dormir em barraca?
Você pode fazer a trilha toda dormindo em refúgios e não levar barraca nem saco de dormir. É claro que esse bônus vem em troca de bastante $. Os preços dos refúgios são bem altos. Daremos mais detalhes dos preços completos na seção Preços YYY.

Uma boa pedida é fazer um misto : camping + 1 dia de refúgio, por exemplo (nós fizemos assim).
É importante ter em mente que há campings grátis e campins pagos dentro do Parque, ao decorrer da trilha.

É possível fazer a trilha dormindo apenas em Campings grátis, mas isso demanda mais tempo (falaremos um pouco dessa opção na seção 7.2 - Pacotes para todos os gostos).

Faço a trilha em qual sentido?
Fazer no sentido horário ou no sentido anti-horário: ambas as opções são boas, não se preocupe. Tecnicamente a decisão é praticamente igual. Temos apenas um argumento para fazer no sentido anti-horário: você deixa a atração mais impactante para o final: As Torres del Paine. Fazendo no sentido horário esse seria o seu primeiro atrativo.

Quando pego o ônibus de Puerto Natales para o Parque Torres del Paine, em que ponto devo descer para iniciar o Circuito W?
Ha duas opções: se decidir fazer a trilha no sentido horário, você desce no Refúgio Torre Central. O ônibus para na Laguna Amarga pra que cada passageiro pague sua entrada, mas logo o ônibus segue e te deixa no Refugio Torre Norte.

Já, se decidir fazer a trilha no sentido anti-horário, você desce no Café Pudeto. Analogamente ao caso anterior, após a parada na portaria Laguna Amarga para os trâmites de entrada, o ônibus segue até o Café Pudeto. Por isso você deve informar o motorista qual é o destino que você quer ir. (são dois ônibus diferentes que levam pra cada um desses lugares). É só informar.

5.Atrativos e Distâncias
O que exatamente você vai ver durante essa trilha? Aqui você vê bem objetivamente. E nada melhor do que começar com o mapa que mostra eles em destaque. Logo depois uma tabela comentando cada um rapidamente.



Tabelas dos principais atrativos no decorrer da trilha, em ordem cronológica, se você começou a trilha a partir do Refúgio Paine Grande (sentido anti-horário).

Atrativo
Breve Descrição
Distância do refúgio/camping mais próximo
Mirador do Meio do Glaciar Grey
Fazendo o Circuito W você não chegará em cima do Glaciar, mas chegará em um mirante relativamente perto dele, com uma bela visão. Na trilha até tal mirante existe um mirante parcial, no meio do caminho (que muita gent confunde achando que é o final). Mas não se engane! O primeiro mirante (o do meio) fica só na metade do caminho como o nome diz.
5,7km - Refúgio e Camping Paine Grande
Mirador do Glaciar Grey
Um mirante bem mais próximo do Glaciar com uma bela visão.
11,5km - Refúgio/Camping Paine Grande
Cachoeira do Francês
Cachoeira de passagem apenas, mas não poderíamos deixar de citá-la, né? Se encontra um pouco antes do Mirador Francês

Mirador Francês
Uma bela visão da montanha com neve ao lado da trilha. 
2km - Camping Italiano
3,64 - Camping e Domo Francês
6,77km - Refúgio, Camping, Domo e Cabañas Cuernos
Mirador Britânico
Excelente visão 360o de várias torres (menos famosas que a Paine) e do lagão lá embaixo. 
5km - Camping Italiano
6,44 - Camping e Domo Francês
9,77km - Refúgio, Camping, Domo e Cabañas Cuernos
Torres del Paine
As protagonistas do Parque. Duas torres com um lago lindo, principalmente se for ao nascer do sol. Na nossa opinião, a melhor vista do parque mesmo (como era de se esperar). 
4,42km - Refúgio e Camping Chileno
11km - Refúgio e Camping Torres Norte (e central)
1km - Camping Torres (alto)


6.Logística
Nesta seção falamos todos os detalhes, dicas e detalhezinhos pra você fazer a melhor logística, desde a sua casa até o ponto inicial da trilha.

--
Não é complicado. Mas pra quem não foi ainda, pode parecer. Existe, na verdade, apenas um ponto de grande decisão em toda a logística, que é relevante em como tudo vai se desenrolar. Se você vai fazer no sentido horário (começando por Torres) ou sentido anti-horário, (começando por Paine Grande). A seguir apresentamos um diagrama com o fluxo “big-picture” de toda a logística desde o Brasil até você pisar no chão e começar a fazer a trilha de fato.

Logo depois apresentamos dicas importantes relacionadas a logística.

Ida - do Brasil até o Ponto Inicial da Trilha (Refúgio Paine Grande)
aviao_mini.png
Brasil → Punta Arenas: ~5000km / 23h
As passagens áereas para Punta Arenas desde o Brasil costumam ser com horários complicados. Em 2016, ao menos,  a viagem completa (somando todos os trechos) dá uma média de 23h de viagem no total. Por isso, reserve 2 dias (1 pra ida e 1 pra volta) apenas para translados aéreos entre Brasil e Punta Arenas.

noun_97.png
Punta Arenas (Aeroporto) → Puerto Natales: 248km / 2h30min
Não é preciso pegar táxi do aeroporto até a rodoviária e só de lá pegar outro ônibus. É porque existe uma empresa que passa no aeroporto de Punta Arenas e vai direto para Puerto Natales. Isso vai te poupar tempo e dinheiro. MAS: pra isso, é preciso combinar com a empresa previamente OU dar a sorte de algum passageiro estar vindo para o aeroporto (e + a sorte de ter vagas disponíveis). Pra combinar com a empresa antes você pode comprar sua passagem por e-mail e transferência desde o Brasil.

Nós ESQUECEMOS de fazer isso. Mas demos SORTE la no dia, esperamos o onibus no aeroporto e conseguimos vaga. Mas foi por pouco. Tinha 3 vagas pra 3 pessoas. Deu certinho! Não conte com a sorte. Os ônibus costumam ficar cheios.

Infelizmente não me lembro qual é a empresa que consegui pegar no aeroporto, mas deixo aqui o nome das duas pra você entrar em contato por email (elas respondem).

noun_97.png
Puerto Natales → Parque Torres del Paine: 102km / 1h30min
Esse trecho é tranquilo, pois existem várias linhas que fazem esse trajeto, todos os dias. Basta escolher alguma. Mas há 1 ponto muito importante:

Há empresas que se você comprar a ida e volta de uma vez, deixam a volta com o horário em aberto (o que é melhor). Já outras, se você comprar a ida e volta de uma vez, deixam o horário da volta fixo (o que é um risco para sua viagem).

Outra alternativa é comprar só a ida e deixar a volta pra comprar na hora que chegar na portaria do parque novamente (no fim da trilha). Existe algum risco de não haver vagas, mas são muitos Ônibus, o risco de não conseguir vaga é baixo.

Na ida, independente se você escolher começar pelas Torres ou por Paine Grande o ônibus vai te deixar no ponto final (no Refugio Torres ou no Café Pudeto, respectivamente).

Informações atualizadas de preços e horários, aqui: http://www.torresdelpaine.com/ingles/secciones/noticias/20.asp
noun_193.png
Café Pudeto → Refúgio Torres del Paine: 11km / 20min
Este trecho só é feito na ida se você escolher começar a Trilha por Paine Grande (Glaciar Grey). O catamarão se paga na hora. Não é preciso se preocupar muito com este trecho porque mesmo se o catamarão encher eles botam um barco extra pra levar todo mundo.

Mas não há vários horários. São apenas dois horários por dia. Um as 12h e outro as 18h30min (sendo que o de 18h30min dependendo da época não tem!)

Este trecho será feito no sentido contrário, no final do passeio, se você decidir começar a tsa pelas TOrres del Paine. Nesse caso você termina a trilha no Refúgio Paine Grande e pega o catamarão até o Café Pudeto (e de lá pegando um onibus até Laguna Amarga).

Informações atualizadas de preços e horários, aqui: http://www.torres-del-paine.org/catamaran.html
Volta - do ponto final da trilha, o Refúgio Torre Central até o Brasil
noun_97.png
Refúgio Torre Central (ponto final da trilha) → Portaria Laguna Amarga: - 9km / 20min
O ônibus que leva de volta para Puerto Natales não sai do Refúgio Central (ponto final da trilha), sai da Portaria Laguna Amarga (que fica a 9km dali). Mas existe um ônibus que faz o pequeno trecho enter o Refugio Torre Central (que é onde você está quando terminou a trilha) e leva até a portaria da Laguna Amarga. Os horários deste ônibus são sincronizados com o horário dos ônibus que saem da Laguna Amarga em direção à Puerto Natales.

Não se compra adiantado. Este trecho é quase como se fosse um ônibus de linha dentro do parque. Você paga sua entrada (valor pequeno - ver seção preços) na hora de entrar no ônibus.
noun_97.png
Portaria Laguna Amarga → Puerto Natales:
Sem mistérios, este trecho é análogo à ida.
noun_97.png
Puerto Natales → Punta Arenas (Aeroporto):
Idem à ida. Lembre-se: você pode sair de Puerto Natales e descer diretamente no aeroporto (não é necessário ir pra rodoviária). Mas não se esqueça de AVISAR , no momento da compra e também ao chofer do ônibus que vai descer no Aeroporto. Apesar que é comum mais pessoas descerem lá, é bom avisar, porque se ninguém avisar, ele não passa no aeroporto.
aviao_mini.png
Punta Arenas → Brasil:
Idem à ida.

Mapa mostrando pontos importantes da logística:


7.Preços
7.1.Detalhamento
É muito fácil estimar mal a viagem para fazer o Circuito W. É porque existem várias coisinhas durante a logística completa que costumamos esquecer. Esta seção foi feita pra vc não esquecer NADINHA de nada. Listamos todos os gastos com a logística aqui.

Nesta seção apresentamos uma estimativa de preço, definidas algumas variáveis do seu passeio (porque o valor pode variar bastante dependendo das suas decisões). Essas variáveis são uma média de um bom planejamento para a viagem. Com um ponto de equilíbrio entre conforto e preço viável. Dá pra ser bem mais caro, e dá pra ser mais barato que isso. Ao fim da seção apresentamos o que pode encarecer e baratear o seu passeio.

Os preços são apresentados em Dólares (quando a informação é disponível) ou em Pesos Chilenos. (entre parenteses o valor em R$, cotação de Julho de 2016). Não se esqueça de fazer a conversão atualizada!

Os preços apresentados são por pessoa.
CLP6.000,00 (R$30,00)
Ônibus Punta Arenas → Puerto Natales
CLP7.500,00 (R$37,50)
Ônibus Puerto Natales → Parque Torres del Paine (ponto inicial da trilha)
CLP18.000,00 (R$90,00)
Entrada no Parque Torres del Paine (pago na Laguna Amarga)
$30  (R$100,00)
Catamarão de Café Pudeto até Paine Grande
CLP12.000,00 (R$60,00)
2 diárias no Camping de Paine Grande
$61,00 (R$201,00)
1 diária no Refúgio Cuernos
CLP9.500,00 (R$48,00)
1 diária no Camping Torres (baixo)
CLP2.800,00 (R$14,00)
Ônibus do Refugio Torre Central até Entrada Laguna Amarga
CLP7.500,00 (R$37,50)
Ônibus Parque Torres del Paine → Puerto Natales
CLP6.000,00 (R$30,00)
Ônibus Puerto Natales → Aeroporto Punta Arenas
Total de gastos com a logística para fazer a trilha estando em Punta Arenas: R$648,00 (com conversão do R$ em Julho de 2016) Valor total excetuando passagens aéreas e comida levada pra consumir durante a trilha

7.2.Pacotes para todos os gostos
Nesta seção damos 3 opções pra você realizar o Circuito W em função das pernoites. Os gastos citados são gastos começando e terminando em Punta Arenas (não inclui passagens aéreas e nem comida durante a trilha {Ps: Apenas a opção 3 inclui as comidas, no caso, do refúgio}).

Opção
Dados da opção
A Mais barata:
Dormindo o máximo possível em campings grátis: (apenas na região do Paine Grande é preciso dormir em Camping pago [nao há outra opção])
Tempo necessário: Mínimo de 5 dias
Gasto total: R$208,00
Distância total percorrida de trilha:  87km
Pernoites: Camping Las Carretas , Camping Paine Grande (único pago nesta opção), Camping Italiano, Camping Torres (alto)
Prós: o mais barato.
Contras: maior distância, sendo 1 dia sem atrativos. Apenas 1 pernoite com banho quente e apoio de comida disponivel
A Mais Equilibrada:
Médio conforto e médio gasto
Dormindo em campings pagos (com estrutura) e 1 pernoite em refúgio (sem comida inclusa)
Tempo necessário: Mínimo de 4 dias (5 dias é com um pouco mais de conforto)
Gasto total: R$648,00
Distância total percorrida de trilha:  71km
Pernoites: Camping Paine Grande, Domo Francês, Camping Torres Norte.
A mais confortável:
Dormindo apenas em refúgios e cabanas com comida e roupas de cama incluídos.
Tempo necessário: Mínimo de 4 dias (5 dias é com um pouco mais de conforto)
Gasto total: R$1350,00
Distância total percorrida de trilha:  71km
Pernoites: Refúgio Paine Grande,Cabaña Cuernos, Refúgio Torres Central/Norte.
Prós: Se leva o menor peso possível (nada para dormir e nem comida de grandes refeições, apenas o que se come durante a trilha).
Contras: Tem que reservar as pernoites com bastante atencedência. Engessamento da logística, não dá pra mudar destinos no meio do caminho. Muito caro.




8.Trilhas e Mapas
8.1.Kit Básico do Circuito W
Você chegou até aqui? Parabéns, parece que agora você está entrando no mundo da trilha de verdade. Vamos passar para algumas questões mais ténicas.

Nesta seção você tem uma noção dos números básicos da trilha: distância total que vai percorrer a pé, dificuldades, altitudes, etc.
noun_2306.png
Tempo de Trilhavetorvermelho_mini.png
4 a 5 dias

regua.png
Distância da Trilha - TOTALvetorvermelho_mini.png
71 a 75km
montanha.png
Dificuldade físicavetorvermelho_mini.png
Pela distância e alguns declives consideráveis

trilha.png
Dificuldade Técnicavetoramarelo_mini.png
Alguns pontos difíceis
placas.png
A trilha é sinalizada?vetorverde_mini.png
Sim.

bota.png
Estado de Conservaçãovetorverde_mini.png
Excelente
sol.png
Sombra na trilhavetorvermelho_mini.png
Em geral, pouca sombra

policia.png
Acesso controladovetoramarelo_mini.png
Sim
gps.png
GPSvetorverde_mini.png
Não é necessário

garrafinha.png
Água na trilhavetorverde_mini.png
Sim. Muitos pontos
sobe.png
Ganho de Elevação Acumulado
vetoramarelo_mini.png3521m

desce.png
Perda de Elevação Acumulada
vetoramarelo_mini.png3429m

8.2.Mapas
Aqui apresentamos alguns mapas interessantes que achamos na internet. O último é o nosso mapa, com a trilha e pontos relevantes. Foi o que fizemos.




 


8.3.Trilhas Alternativas
Existe apenas um trecho alternativo durante todo o circuito W. Ele ocorre entre a região de Cuernos e Torres, onde você deve decidir onde vai pernoitar. Decidindo pernoitar no Camping Torres (alto) ou Refúgio Chileno, pegue a direita. Já se decidir dormir no Refúgio-Camping Torres Central-Norte, pegue a esquerda.

Não nos recordamos de termos visto placas indicativas nessa bifurcação. Então fique atento ao GPS. Na figura abaixo mostramos o detalhe do mapa onde acontece essa importante bifurcação na trilha.


8.4.Pernoites no Circuito W
8.4.1.Diagrama de Decisões
No diagrama a seguir apresentamos todas as possibilidades de pernoite durante o Circuito W. Não existe opção ruim. O que existe é perde-ganha em cada decisão tomada, de acordo com a sua necessidade/preferência. Apenas programe-se.


8.4.2.Refúgios, Domos e Campings no Circuito W
A seguir apresentamos os Refúgios encontrados durante o Circuito W, na ordem cronológica, no sentido anti-horário. Importante: não listamos aqui os refúgios e camping da parte pertencente apenas ao Circuito O.
camping_mini.png = camping
abrigo_min.png = Domos (meio termo entre barraca e Refúgio)
hotel_mini.png = Refúgio
hotel.png = Hotel
restaurant_mini.png = venda de comida
star_mini.png = nossa recomendação para a pernoite para o Circuito W sentido anti-horário (o número simboliza qual a pernoite, no caso)
Região
camping_mini.png
abrigo_min.png
hotel_mini.png
hotel.png
restaurant_mini.png
Grátis?

Administradora
Paine Grande
check_mini.png

check_mini.png

check_mini.png

star_mini.png1 e 2
Vertice
Grey
check_mini.png

check_mini.png

check_mini.png


Vértice
Italiano
check_mini.png




check_mini.png

Parque
Britânico
check_mini.png




check_mini.png

Parque
Francês
check_mini.png
check_mini.png


check_mini.png

star_mini.png3
Fantástico Sur
Cuernos
check_mini.png
check_mini.png
check_mini.png
check_mini.png*
check_mini.png


Fantástico Sur
Torres (baixo)
check_mini.png

check_mini.png
check_mini.png
check_mini.png


Fantástico Sur
Chileno
check_mini.png

check_mini.png

check_mini.png

star_mini.png4
Fantástico Sur
Torres (alto)
check_mini.png




check_mini.png

Parque

Adicionalmente, você precisa saber que os refúgios, campings e domos oferecem as facilidades, como informado a seguir. Obs: apesar de serem empresas diferentes, os serviços oferecidos são semelhantes. Variam um pouco os preços entre elas, mas são bem parecidas.

Refúgios e Domos: (pagos)
  • Acesso ao Restaurante (café da manha, almoço, janta e lanche)
  • Acesso ao Bar
  • Aluguel de Cama armada (lençois, colchas quentes e travesseiros OU saco de dormir, +caro)
  • Aluguel Cama simples (lençol e travesseiro, + barato)
  • Acesso liberado ao banheiro com banho quente. (banheiro compartilhado)
  • Kit cama (colcha quente e lençóis OU saco de dormir)

Lista de Refúgios no Circuito W com essas facilidades: Paine Grande, Cuernos, Torres Norte, Torres Central.
Lista de Domos no Circuito W com essas facilidades: Francês, Cuernos.

Obs sobre os domos: Um domo É um meio termo entre o que o refúgio oferece com o que o camping oferece. Domos são grandes “iglus-barraca”, ficam fora dos refúgios. Dentro dos iglus é quente e isolado do frio. Lá dentro há camas , assim como no refúgio. E você terá acesso às facilidades do refúgio como se estivesse hospedado lá. Em outras palavras, só muda a comodidade de acordar e já estar dentro do refúgio. No domo você acorda, tem que sair do “iglu” e ir até o refúgio, que fica do lado. Obs: No caso do domo francês, não há refúgio do lado, mas o domo tem uma base (casa) onde fica o restaurante/bar/banheiros. Curiosamente o domo é mais caro do que uma cama no refúgio. Prefira o refúgio (caso esteja querendo uma cama , e não camping). Opte pelo domo apenas se não houver mais vagas no refúgio.


Campings PAGOS (administrados pelas empresas)
  • Acesso livre ao restaurante, bar e área publica do refúgio (mesas dentro do refúgio, basicamente)
  • Saco de Dormir (aluguel)
  • Barraca para 2 pessoas (aluguel)
  • Reserva de espaço para sua própria barraca
  • Area grande fechada para refeições e lavar pratos.
  • Banheiros compartilhados com banho quente. (os banheiros são separados dos banheiros do refúgio)

Lista de Campings no Circuito W com essas facilidades: Paine Grande, Francês, Cuernos, Torres (baixo), Chileno.

Campings GRÁTIS (são os administrados pelo parque)
  • Banheiros sem água quente.

Obs: os campings grátis são apenas regiões onde é permitido acampar. Mas não oferecem nenhuma estrutura adicional. É apenas um lugar onde você pode armar a barraca para continuar no outro dia. Não ha oferta de comida e nem banheiros com água quente.

Lista de Campings Grátis no Circuito W: Italiano, Britânico (?), Torres (alto).


Empresas no Parque
Existem duas empresas que administram alguns campings e alguns refúgios dentro do parque. São empresas privadas. A seguir apresentamos uma tabela com a lista do que elas oferecem. Preços e reservas devem ser verificadas no link. Dica: todas as informações da tabela abaixo estarão nos respectivos pontos no mapa disponibilizado! Clique no ícone no mapa e veja essas informações lá também.

Vértice Patagônia
Regiões que atende, no Circuito W: Paine Grande

Fantástico Sur
Regiões que atende, no circuito W: Francês, Cuernos, Chileno, Torres Norte e Central (Torres Baixo)



8.4.3.Nascer do Sol nas Torres del Paine
Se esse é o seu desejo, como foi o nosso, dizemos que…: dá pra fazer.
Pra ver o nascer do sol em Torres del Paine você tem 3 opções. Apresentamo as vantagens e desvantagens de cada opção, e a nossa sugestão marcada com star_mini.png
Camping / Refúgio
Vantagens
Desvantagens
Dormindo em Camping Torres (alto)
*O Mais próximo das Torres (fica a apenas 1km)
*Grátis
*Não oferece facilidades como banho quente e nem refúgio de apoio ou comida.
Dormindo no Refúgio e Camping Chilenostar_mini.png
*Um meio termo entre Torres alto e Torres central. Nossa opção sugerida.
*Oferece facilidades do camping pago (refúgio e comida)
*Pode acontecer de ele estar fechado (conosco isso aconteceu, tivemos que fazer outra opção)
Dormindo no Camping Torres (baixo) ou Refúgio Torres Central e Norte
*Deixa o dia anterior a visita as Torres bem light, possibilitando um dia de “quase descanso” no meio da trilha
*O preço do descanso é pago com a distância da região atea s Torres del Paine (9km). Pra ver o por do sol será necessário acordar entre 2 e 3 da manhã.


8.4.4.Campings que você não deveria ficar ao fazer o Circuito W:
Britânico: Fica próximo ao mirador britânico, atrativo principal do meio da trilha. Não vale a pena acampar nesse camping pois ele fica muito alto. É muito melhor acampar em algum camping lá embaixo, isto é: italiano ou francês (que oferece Domos).
Em minha viagem eu já sabia da “má reputação” do camping Britânico, e sabia de sua existencia, mas além de tudo isso, eu não vi onde ele fica de fato (não vi placas nem indicações (?))

Não recomendamos.
Relato de viajante que decidiu dormir no Britânico e se arrependeu: http://2gosouth.net/post.php?p=10

Grey: Não há nenhum bom motivo para ficar no Camping Grey, visto que o ataque ao mirador Grey é uma subida, além do que isso deixa o resto da sua viagem defasado. É melhor escolher dormir no Paine Grande mesmo (tradicional escolha).

Torres (de cima): Esta escolha é tentadora, e muitos optam por ela. Mas no fim das contas não vemos boas razões para acampar por lá. Acampar lá significa, mais uma vez, acmpar muito no alto, o que significa subir muita montanha com mochilão nas costas. Ao invés disso, vale muito mais a pena dormir no Camping Chileno, que fica no meio do caminho. É bem tranquilo subir de madrugada pra ver o por do sol nas Torres, e sem o mochilão.

8.4.5.Distâncias entre Refúgios

R.C.
Grey
R.Cmp.
Paine Grande
Camp.
Italiano
Camp.
Frânces
Domo
Francês
R. C. D.
Cuernos
R. C.
Chileno
Camp.
Torres (alto)
Camp
Torres
(Baixo)
Refug
Torres
(Centr)
Camp.
Carretas
Refúgio e Camping Grey
x
11,5
18,9
20,79
21,1
24,23
37,32
40,19
36,08
36,28
21,7
Refúgio e Camping Paine Grande
11,5
x
7,4
9,0
9,3
12,43
25,52
28,39
24,28
24,48
10,2
Camping Italiano
18,9
7,4
x
1,64
1,94
4,77
17,86
20,73
16,62
16,82
17,6
Camping Francês
20,8
9,0
1,64
x
0,3
3,13
16,22
19,09
14,98
15,18
19,2
Domo Francês
21,1
9,3
1,94
0,3
x
3,43
16,52
19,39
15,28
15,48
19,5
Refúgio,Camping Domo e Cabanas Cuernos
24,2
12,43
4,77
5,07
3,16
x
13,09
15,97
11,85
12,05
22,43
Refúgio e Camping Chileno
37,3
25,52
17,86
16,22
16,52
13,09
x
2,87
5,3
5,5
35,72
Camping Torres (alto)
40,2
28,39
20,73
19,09
19,39
15,97
2,87
x
8,17
8,37
38,59
Camping Torres (baixo)
36,1
24,28
16,62
14,98
15,28
11,85
5,3
8,17
x
0,2
34,48
Refúgio Torres Norte e Central
36,3
24,48
16,82
15,18
15,48
12,05
5,5
8,37
0,2
x
34,68
Camping
Carretas
21,7
10,2
17,6
19,2
19,5
22,43
35,72
38,59
34,48
34,68
x



8.5.Trilha x Logística - Simulação
Um resumo geral de como os seus dias vão ficar alocados, junto com a logística.

Dia
Horário
T
Evento

1
08:00 -10:00
bus_mini.png
Ônibus Puerto Natales → Portaria do Parque (Laguna Amarga)
102km
1
10:00 - 10:40
police_mini.png
Trâmites de entrada, compra do ingresso de entrada
-
1
10:40 - 11:20
bus_mini.png
Ônibus Portaria do Parque (Laguna Amarga) → Café Pudeto
20km
1
11:20 - 11:50
restaurant_mini.png
Descanso na região do Café Pudeto
-
1
11:50 - 12:20
sailing_mini.png
Catamarão de Café Pudeto → Paine Grande
11km
1
12:20 - 21:00
camping_mini.png
Acomodação no Refúgio e Camping Paine Grande
-
2
07:00 - 08:00
restaurant_mini.png
Café da manhã em Paine Grande
-
2
08:00 - 11:00
dificuldade_min.png
Trilha: Ataque Paine Grande → Mirante Glaciar Grey
11,5km
2
11:00 - 12:00
foto_mini.png
Contemplação Mirante
-
2
12:00 - 15:00
dificuldade_min.png
Trilha: Volta do Ataque, Mirante Glaciar Grey → Paine Grande
11,5km
2
15:00 - 22:00
camping_mini.png
Acomodação em Paine Grande
-
3
07:00 - 08:00
restaurant_mini.png
Café da manhã em Paine Grande
-
3
08:00 - 11:00
dificuldade_min.png
Trilha: de Paine Grande → Mirador Britânico
12,4km
3
11:00 - 11:40
foto_mini.png
“Almoço-contempalção” Mirador Britânico (ou Francês, a escolha)
-
3
11:40 - 14:00
dificuldade_min.png
Trilha: de Mirador Britânico → Domo Francês
7,1km
3
14:00 - 21:00
camping_mini.png
Acomodação e Pernoite em Domo Francês
-
4
07:00 - 08:00
restaurant_mini.png
Café da manhã em Domo Francês
-
4
08:00 - 14:00
dificuldade_min.png
Trilha: Domo Francês → Refúgio Chileno
16,52km
4
14:00 - 20:00
camping_mini.png
Acomodação e Pernoite em Refúgio Chileno
-
5
04:30 - 06:30
dificuldade_min.png
Trilha: Ataque Refúgio Chileno → Torres del Paine
4,4km
5
06:30 - 08:30
foto_mini.png
Contemplação em Torres del Paine
-
5
08:30 - 10:30
dificuldade_min.png
Trilha: Volta do ataque: Torres del Paine → Refúgio Chileno
4,4km
5
10:30 - 11:00
quad_mini.png
Preparação para descida
-
5
11:00 - 12:30
dificuldade_min.png
Trilha: descida final: Refúgio Chileno → Refúgio Torres Central
5,5km
5
14:00 - 14:30
bus_mini.png
Ônibus Refúgio TOrre Central → Portaria Laguna Amarga
9km
5
14:30 - 16:30
bus_mini.png
Ônibus Portaria Laguna Amarga → Puerto Natales
102km


8.6.Trilha - descrição e pontos
Nesta seção você tem uma boa visão dos pontos importantes da trilha. Pontos de água, dis

Dia 1 - Chegada no Refugio y Camping Paine Grandevetorverde_mini.png
Aproveite esse dia para descansar para o dia D (amanhã). Neste dia você chega por volta de meio dia no Camping, ajeita suas coisas para pernoitar e prepara para o primeiro dia de trilha. Não é obrigatório tirar este dia de “descanso”. Você pode chegar meio dia e fazer direto a trilha-ataque para o Glaciar Grey, mas fica um pouco apertado e corrido. Nossa sugestão é que você chegue tranquilo no parque, curta o clima e durma tranquilo nesse primeiro dia.
Pernoite sugerida: Em Paine Grande, super tranquilo. Uma alternativa mais “hard-core” seria atacar a perna do Grey de mochilão e acampar lá em cima no Refúgio/ Camping Grey. Ou um bem bolado: deixa os mochilões lá embaixo (em Paine Grande) e dorme no refúgio lá em cima
Foto 1 - Laguna Amarga
Foto 2 - Catamarão 
Dia 2 - Refugio Paine Grande - Glaciar Grey - Refugio Paine Grande vetoramarelo_mini.png
Ponto de Início: Refúgio y Camping Paine Grande.
Ponto Final: Camping ou Domo Frânces
Tipo: Ataque (23km sem mochilão)
Distância: 23km (11,5km de ida + 11,5km de volta)hiking_laranja_mini.png
Descritivo: É um ataque tranquilo no geral, e com um desnível ok. Atenção para não se confundir com o mirante (1), pois daí já se tem uma bela visão do Glaciar, mas ainda falta metade do caminho para o Mirante verdadeiro. Muita gente se confunde, acha que já chegou e volta sem chegar no mirante verdadeiro.
Pernoite sugerida: sugestão quase que “única opção”. Fazendo o Grey no primeiro dia, não há outra opção viável.

abrigo_min.png
Refugio Paine Grande
0km
42m
Foto

gota_mini.png
Água 1
3,25km
218m


foto_mini.png
Mirante (1)
5,66km
253m
Para desavisados, é muito facil achar que este ponto é o “destino final” do ataque. Mas aqui e apenas a metade do caminho. Siga em frente!
Foto

gota_mini.png
Queda d’água E Água
6,85km
154m



Ponte
8,44km
57m


abrigo_min.png
Refúgio/Camping  Grey
10,2km
75m
Passa-se ao lado do Refúgio (casa) e ao lado do Camping também. Deve-se continuar reto por mais 1km e meio.
Foto

foto_mini.png
Mirante Glaciar Grey
11,5
48m
Ponto final do ataque. É o Mirante mais próximo que fica de frente para o Glaciar.
Foto

abrigo_min.png
Refúgio/Camping Grey
12,8km
75m
Volta do ataque ao Mirante Glaciar Grey


Ponte
14,56km
57m


gota_mini.png
Queda d’água E Água
16,15km
154m


foto_mini.png
Mirante (1)
17,34km
253m


gota_mini.png
Água 1
19,75km
218m


abrigo_min.png
Refugio Paine Grande
23km
42m

Dia 2 - Refugio Paine Grande - Britanico - Domo Frâncesvetorvermelho_mini.png
Tipo: Travessia + Ataque + Travessia
Distância: 20km. (8,8km com mochião + 11,2km sem mochilão)hiking_trilha_mini.png
Descritivo: O segundo dia começa no Refugio/ Camping Paine Grande. Há placas indicando o inicio da trilha e depois é só segui-la sem erro. O segundo dia é agraciado com uma bela visão do lago,  sempre à direita da trilha. Segue-se tranquilo até o Camping Italiano. No Camping Italiano, deixe o seu mochilão e carga por lá.

A segunda parte deste dia é atacar o mirante Frânces + Mirante Britanico. O desnível é consideravel. QUase 600m de desnível. Aproveite as vistas. Almoce no mirante Britanico e desça para pegar seus mochilões.

Finalmente do Camping Italiano até o Domo Frances se anda cerca de 1,5km.

Pernoite sugerida: As opções de pernoite “mais viáveis” para este dia são : Camping Italiano, Camping Frânces, Domo Francês ou região Cuernos (refúgio, camping, domos e cabañas). Nós sugerimos o meio termo: Domo Francês. Ir até o Refugio Cuernos é uma pernada ainda longa para o fim do dia e desnecessário: pois o terceiro dia de trilha é bem tranquilo.

Caso esteja com um dinheirinho sobrando e queira fazer uma gracinha se hospede nas Cabañas Cuernos - é mais longe, mas parecem ser muito bacanas. CLaro, os preços são beem salgados.

abrigo_min.png
Refúgio Paine Grande
0km
42m


gota_mini.png
Água
3,34km
106m


gota_mini.png
Água
3,98km
90m


camping_mini.png
Camping Italiano
7,35km
192m
Aqui pode deixar as mochilas para fazer ataque ao Mirador Britanico. As mochilas ficam ao ar livre mesmo. Então é importante levar uma capa de chuva para ela e levar as coisas de valor com você para o ataque (só por via das dúvidas)
Foto

cachoeira_min.png
Cachoeira Francesa
8,11km
300m
Cachoeira de passagem, fica no meio da trilha.
Foto

foto_mini.png
Mirador Frânces
9,2km
490m
Belo ponto par tirar muitas fotos antes de continuar subindo para o Mirante Britânico
Foto
Foto 360o 

gota_mini.png
Água
10km
586m


gota_mini.png
Água
10,6km
624m


foto_mini.png
Mirador Britâcnio
12,5km
762m
Visão 360o de algumas torres, o lago la embaixo e a trilha
Foto
Foto360o 

gota_mini.png
Água
14,4km
624m
Volta do atque ao Mirador Britanico

gota_mini.png
Água
15km
586,


foto_mini.png
Mirador Francês
15,8km
490m


cachoeira_min.png
Cachoeira Francesa
16,90km
300m


camping_mini.png
Camping Italiano
17,70km
192m


abrigo_min.png
Domo Francês
19,33km
166m
Logo ao passar pelo Camping Italiano, agora é hora de seguir para o Domo Frânces.
Dia 3 - Domo Frances até Refúgio Chilenovetorverde_mini.png
Tipo: Travessia
Distância: 13,8km (com mochilão)dificuldade_min.png
Descritivo: Este é o dia mais tranquilo da travessia toda, apesar de ser o único dia sempre com mochilão nas costas (não tem ataque). Um ponto importante deste dia é decidir se a terceira pernoite será feita no Torres Central, no CHileno, ou no Torres alto. É que dependendo da decisão ,vale a pena pegar o atalho para o Chileno (veja no mapa). Essa é a nossa recomendação.
Pernoite Sugerida: As opções viáveis para este dia são 3: Torres (alto), Chileno (meio), Torres (baixo). Sugerimos a opção “meio-termo” : Camping Chileno. Mas as 3 escolhas são factíveis (cada qual com seus prós e contras, explicados na seçao 8.4.3)

abrigo_min.png
Domo Francês
0km
166m


gota_mini.png
Água
2,1km
74m


abrigo_min.png
Refúgio/ Camping Cuernos
3,13km
81m
Foto

gota_mini.png
Água
5,03km
236m


gota_mini.png
Água
6,27km
238m



Ponte
8,00km
172m


gota_mini.png
Água
8,21km
209m
Foto

quad_mini.png
Entroncamento Cuernos x Torres x Chileno 1
10,17km
211m
Nós não fizemos o trecho Bifucarção até o Chileno, pois quando fomos o Chileno estava FECHADO. Mas não deve ter mistérios seguir daqui até o Campiong CHileno.

Neste ponto você tem que decidir se vai dormir em Torres Central, em Chileno, ou Torres (alto). Se decidir por Chileno ou Torres alto, siga pela esquerda, caso contrário pela direita.

abrigo_min.png
Refúgio Chileno
13,79km
418m
Sugerimos dormi no Chileno, melhor custo/benefício para o 4o. dia.
Dia 5 - Ataque às Torres del Painevetoramarelo_mini.png
Nós quase não anotamos nenhum ponto neste ataque, mas há. É que foi muito corrido. Mas há alguns pontos de água por aqui neste trecho.
Tipo: Ataque + descida final
Distância: 13,63km (7,86 de ataque + 5,76km com mochilão) hiking_laranja_mini.png

abrigo_min.png
Refúgio Chileno
0km
418m


camping_mini.png
Campings Torres (alto)
2,88km
581m


foto_mini.png
Torres del Paine
4,43km
874m
Foto

camping_mini.png
Campings Torres (alto)
4,98km
581m


abrigo_min.png
Refúgio Chileno
7,86k
418m


quad_mini.png
Entroncamento Cuernos x Torres x Chileno 2
9,22km
450m


quad_mini.png
Entroncamento Cuernos x Torres x Chileno 3
11,18km
131m


hotel_mini.png
Hotel
12,63km
126m


abrigo_min.png
Refúgio Torre Central
13,63km
141m



9.Checklist Final e Completo para Torres del Paine
Esta seção é um resumão de tudo o que voce precisa fazer para fazer o Circuito W - uma espécie de compilação geral de tudo o apresentado até agora. Tudo isso, na ordem cronológica!

  • Comprar (ou ter) saco de dormir para temperaturas negativas
  • Comprar (ou ter) 2 segundas peles, um fleecee e um anorak.
  • Check das botas para 80km de trilha.
  • Comprar Passagens Aéreas
  • Contratar seguro viagem que inclua trilhas.
  • Comprar passagem de ônibus Aeroporto Punta Arenas → Puerto Natales (só comprando antes que dá pra ir pra Puerto Natales direto do aeroporto de Punta Arenas).
  • Decidir estilo de hospedagem durante a trilha. Caso se decida por ficar em refúgio em em um ou mais dias, reservar e pagar a vaga no(s) refúgio(s) escolhido(s), pois a demanda para esses refúgios é muito alta, tem que reservar antes. É muito pouco provável chegar lá no dia e haver vaga. Caso decida-se por acampar todos os dias, não é preciso reservar nada.
  • Comprar dólares (ou pesos chilenos - verificar o que vale a pena).
  • Decidir se vai fazer o Circuito começando por Paine Grande ou por Torres (qualquer uma das duas é legal. Depende do seu gosto de como disponibilizar os atrativos na trilha).
  • Logo ao chegar em Puerto Natales, comprar a passagem de ida para o Parque Torres del Paine (avaliar se prefere comprar  volta de uma vez também).
  • Caso compre a volta, perguntar se o horário da volta é fechado ou fica em aberto (se ficar em aberto, melhor).
  • Troque dólares por pesos chilenos (se ainda não tiver feito), podem ser necessários no catamarão ou em algum refúgio. (apesar que em geral aceitam dolares, mas é melhor se precaver).
  • Comprar lanche para 4 dias de trilha em Puerto Natales
  • Hora da trilha, Uhuuuul!
  • No último dia:
    • se começou por Torres: Lembre-se do horário do Catamarão, para voltar no dia planejado par Puerto Natales.
    • Se começou por Paine Grande: Lembre-se do horário do ônibus que liga Torres à Portaria Laguna Amarga, para voltar no dia planejado para Puerto Natales.

10.Links e Referências Relevantes

2.Boa wiki de referencia
3.Relato dormindo no camping britanico , com algumas desilusões

4.Empresas de ônibus que fazem o trecho Punta Arenas → Puerto Natales → Punta Arenas :

5.Horários e preços dos ônibus de Puerto Natales para o parque (ida e volta)

6.Informações sobre o Catamarão dentro do parque:

7.Empresas administadoras de Refúgios e Campings no Parque:

8.Guia ótimo


9.FAQ - 21 perguntas e respostas básicas:

10.Track que possui o Camping Carreteras (informação meio rara de se achar):




11.Áudio-Narração, Fotos e Vídeos






Dia 1 - Paine Grande e Glaciar Grey



F1 - Portaria Laguna Amarga

F2 - Portaria Laguna Amarga - vários ônibus chegam ao mesmo tempo - mas o atendimento é rápido

F3- Vista em Laguna Amarga - enquanto esperávamos as outras pessoas realizarem seus trâmites

F4- Em Laguna Amarga ainda, esperando o ônibus sair

F5- Café Pudeto - tomando um café básico enquanto esperávamos a hora do catamarão

F6- Aguardando o catamarão - vista do lago onde ele anda

F7- Foto tirada durante a travessia no Catamarão

F8- Antes de embarcar no Catamarão - em Café Pudeto

F9 - Dentro do Catamarão



F10 - Chegada em Paine Grande - Barracas e Refúgio

F11- Bifurcação Glaciar Grey x Italiano : Início da trilha para Glaciar Grey no dia 1

F12- Placas indicativas, bem próximo ao Paine Grande

F13- Vista das torres (essa é no catamarão)

F14 - Trilha ataque para o Glaciar Grey (ida)

F15 - Placa característica do parque (meio anrtigas) e com distâncias meio erradas, mas é uma fonte boa de informação pra quem vai sem GPS

video1

F16- Aqui é onde há primeiro mirante do Glaciar, e que pode enganar um pouco quem estiver sem GPS.


F17 - Região do Camping Paine Grande - é bem grande mesmo

F18 - Região do Camping Paine Grande

F19 - Barracas no Camping Paine Grande

F20 - Trilha  para o Glaciar Grey

F21 - Vista durante trilha para Glaciar Grey

F22 - Trilha para o Glaciar Grey

F23- Passarelas de madeira levando para rgiões do Camping Paine Grande

F24 - Primeira bela visão durante a trilha para o Glaciar Grey

F25 - Bela visão durante a trilha para o Glaciar Grey
F26 - Ponte durante trilha para Glaciar Grey
F27 - Belo mirante (parcial) do Glaciar Grey - esse é mirante que engana, no meio do caminho
F28 - Vista durante a trilha para o Glaciar Grey
F29 - Vista durante a trilha para o Glaciar Grey
F30 - Vista durante a trilha para o Glaciar Grey
F31 - Mirante do Glaciar Grey (parcial, não é o mirante principal
F32 - Mirante Final do Glaciar Grey
F33 - Mirante do Glaciar Grey (fim de trilha)
F34 - Foto tirada na volta da trilha, passando pelo Refugio e Camping Grey (não dormimos aí não, só passamos)
F35 - Foto tirada na volta da trilha, passando pelo Refugio e Camping Grey (não dormimos aí não, só passamos)
F36 - Cachoeira muito próxima ao Mirante do Glaciar Grey
F37 - Chegada no mirante do Glaciar Grey
F38 - Glaciar Grey (do mirante)
F39 - Camping Paine Grande
F40 - Glaciar Grey
F41 - Glaciar Grey































Dia 2 - Refúgio Paine Grande até Refúgio Cuernos





F42 - Amanhecer em Paine Grande

F43 - Amanhecer em Paine Grande

F44 - Camping Paine Grande - início do 2o. dia

F45 - Área de refeições reservado para os campistas em Paine Grande

F46 - Camping paine Grande - início do 2o. dia

F47 - Área de refeição e lavagem de louças e utensilios reservado para campistas em Paine Grande


F48 - Belo cenário em Paine Grande ao amanhecer

F49 - Montanhas vista de Paine Grande ao amanhecer

F50 - barracas em paine Grande ao lado do refúgio

F51 - Refúgio Paine Grande e parte da área do camping

F52 - Lago que nos acompanha por grande parte do circuito W, à direita da trilha pra quem vai no sentido anti-horário. No segundo dia há belas visões desse lago.

F53 - Trilha em direção ao Campin Italiano no segundo dia







F54 - Placa e ponte ainda no trecho entre Paine Grande e Italiano

F55 - Cachoeira durante o trecho entre Paine Grande e Italiano

F56 - Típica ponte no Circuito W - existem muitas durante todo o trajeto. Aqui ainda antes de chegar em Italiano

F57 - Ponte entre Paine Grande e Italiano (solo 2 ) - em geral as pontes só suportam duas pessoas por vez. Atenção.

F58 - Rio quase chegando agora em Italiano

F59 - Chegada no Camping Italiano. Placas.


F60 - Pequeno Teto para abrigo de quem deseja cozinhar no Camping. Única facilidade oferecida. Mesmo durante o dia, entretano, o abrigo é bem escuro.

F61 - Barracas no Camping Italiano

F62 - Mochilões "estacionados" na porta do GuardaParques do Italiano. A guarderia estava fechada, não havia ninguem. As pessoa simplesmente encostam as mochilas aí e fazem o ataque até o mirador Britânico.

F63 - Placas com recomendações e informações na Guarderia do Parque Italiano (nem sempre há alguém aí. Quando fomos não havia ninguém e estava fechado).

F64 - Placas indicando ataque ao Mirador ou continuação para Camping Frances e Refúgio Cuernos.

F65 - XXX entre Paine Grande e Italiano

F66 - XXX entre Paine Grande e Italiano

F67 - Rio entre Paine Grande e Italiano

F68 - Ponte suspensa entre Paine Grande e Italiano (tempo bem chuvoso)



F69 - Visão durante o atque ao Mirador Britânico

F70 - Mirador Francês (metade do caminho até Mirador Britânico)

F71 - Durante o ataque ao Mirador Britânico - aqui no Mirador Francẽs


F72 - "Cachoeira do Francês" - No início do atauqe para o Mirador Britânico

F73 - Mirador Francês

F74 - Mirador Francês






F75 - Mirador Francês

F76 - "Cachoeira do Francês"

F77 - Bela visão do lago desde o Mirador Britânico

F78 - Excelente vista do Mirador Francẽs

F79 - Mirador Francês

F80 - Placa indicativa na chegada do Mirador Britânico - existe uma madeira colada em cima de algo que parecia ser a continuação da trilha

F81 - Visão das Torres Cuernos desde o Mirador Britânico

F82 - Torres Cuernos em Mirador Britânico

F83 - Em Mirador Britânico




F84 - Visão do lago desde o Mirador Britânico - foto com zoom

F85 - Lindo laguinho durante a trilha Italiano - Britânico

F86 - Desde o Mirador Britânico

F87 - Trecho entre Italiano e Refugio Cuernos

F88 - Nossa marcação no fim do segundo dia. Terríveis e dramáticos 28,5km , finalizando a trilha às 20h.

F89 - Fim do segundo dia.



Dia 3 - Refúgio Cuernos até Refugio Torres Central




F90 - Dentro do Refúgio Cuernos - Esperando Café da Manhã

F91 - Café da manhã no Refúgio Cuernos - lotado e um pouco conturbado

F92 - Belo dia em Refúgio Cuernos

F93 - Início da trilha em direção à regiã ode Torres del Paine. Mas bem pertinho de Cuernos ainda, com uma bela visão das famosas cabañas Cuernos

F94 - Natureza presenteando com um belo arco-iris no início da tirlha entre Cuernos e Torres del Paine

F95 - Arco-íris com o lago ao lado da trilha, entre Cuernos e Região Torres del Paine

F96 - Captação de água no meio da trilha entre Refugio Cuernos e Refúgio Torres Central

F97 - Refúgio Cuernos visto de frente no início do dia

F98 - Domo Cuernos, fica ao lado do refúgio

F99 - Domo Cuernos - cabem 6 pessoas confortavelmente aí dentro



F100 - Montanha em belo dia, visão na trilha entre Refúgio Cuernos e Torres Central

F101 - Bela ponte suspensa entre Refúgio Cuernos e Torres Centrl

F102 - Ponte na trilha

F103 - Uma das maiores em todo o circuito

F104 - Bela visão de alguns picos durante o Circuito W

F105 - Belas visões a todo momento

F106 - A parte final da trilha chegando em Torres Central é bem aberta

F107 - parte final da trilha para Torres Central - bem tranquila e aberta

F108 - dia tranquilo para tirar muitas fotos

F109 - Deserto final chegando já na região de Torres Central




F110 - Penúltima ponte antes de chegar na região de Torres Central

F111 - Última ponte do Circuito W - chegando no Refúgio Tores Central (a 2km) - essa ponte é próxima à bifurcação para subir a Torres del Paine

F112 - placas quase em cima do Refúgio Torres Central

F113 - Excelente ponto de descanso a cerca de 4km do Refúgio Torres Central

F114 - Grande hotel próximo ao Refúgio Torres Central

F115 - Grande Hotel

F116 - Entrada no parque Torres del Paine

F117 - Abrigo/Guarderia do Camping Torres Central

F118 - Fim do dia perto ao Grande Hotel - belíssima visão




Dia 4 - Torres del Paine






F119 - Nascer do sol em Torres del Paine

F120 - Nascer do sol em Torres del Paine

F121 - Neve em Torres del Paine - muito frio

F122 - Torres del Paine ao amanhecer

F123 - Torres del Paine

F124 - Frenesi ao sol nascer - e muito gelo

F125 - Muita gente tirando clicks em Torres del Paine

F126 - Torres del Paine

F127  - Sol nascendo de vez em Torres del Paine

F128 - Torres del Paine

F129 - Próximo a descer, 8h da manhã

F130 - Torres del Paine as 8h da manhã

F131 - Elas

O inusitado encontro dos 5 brasileiros na descida de Torres, no Refugio Chileno : também presente nossa estimada amiga.....CLÁUDIAAAAA!



F132 - 23km no total, subindo à Torres desde Torres Central - começamos as 3h30min da manhã e terminamos as 12h20min da tarde.

F133 - Até breve Torres del Paine



Os Caçadores de Cachoeiras

Os Caçadores de Cachoeiras